O momento em que Munique decidiu adotar Linux, em 2003, foi encarado como um grande voto de confiança no software open source, que assim passaria a ter uma presença significativa e provava o seu valor . Mas o “sonho” parece ter chegado, oficialmente, ao fim.

Munique poupa 11 milhões de euros com opção por software open source
Munique poupa 11 milhões de euros com opção por software open source
Ver artigo

Os responsáveis pelo município de Munique vão substituir o Linux e o LibreOffice pelo Windows 10 em aproximadamente 29 mil computadores, a partir de 2020, estando igualmente a ser preparado um programa piloto que envolve a instalação do Office 2016 em máquinas virtuais.

Segundo refere a imprensa internacional, a cidade alemã vai gastar cerca de 50 milhões de euros na substituição do sistema operativo, um valor alto, mas pelos vistos mais baixo do que seria manter os dois sistemas.

Os responsáveis alegam que há aplicações cruciais que precisam do Windows para funcionarem e continuar a ter  duas plataformas não seria economicamente suportável.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.