Durante a mais recente edição da conferência re:Mars, a Amazon anunciou uma série de novas funcionalidades que vão chegar no futuro à sua assistente inteligente. Entre as novidades reveladas, a gigante tecnológica deu a conhecer que quer à Alexa a capacidade de imitar vozes.

De acordo com Rohit Prasad, vice presidente senior da Amazon, a empresa está a desenvolver um sistema que permitirá à assistente inteligente recriar qualquer voz após ouvir menos de um minuto de áudio, avança a Reuters.

Segundo o responsável, um dos grandes objetivos da funcionalidade passa por ajudar os utilizadores a preservar as memórias de entes queridos que vivem longe ou que já faleceram, com a empresa a demostrar um vídeo onde a tecnologia é utilizada para fazer com que a Alexa leia uma história a uma criança cuja avó faleceu há pouco tempo, detalha a imprensa internacional.

Para já, a Amazon ainda não avança mais detalhes acerca dos seus planos, nem possíveis datas de chegada da funcionalidade à sua assistente inteligente.

Microsoft deixa de vender tecnologia que reconhece emoções a partir de imagens e vídeos
Microsoft deixa de vender tecnologia que reconhece emoções a partir de imagens e vídeos
Ver artigo

São vários os especialistas que têm vindo a alertar para os riscos da utilização de sistemas de Inteligência Artificial para criar ou replicar vozes, defendendo que a tecnologia pode, por exemplo, levar à criação de novos tipos de esquemas fraudulentos.

Recorde-se que, ainda esta semana, a Microsoft também decidiu impor restrições no acesso à ferramenta Custom Neural Voice, que recorre a Inteligência Artificial para criar vozes, numa decisão que tem em vista uma utilização mais ética e responsável da tecnologia.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.