A Advanced Micro Devices anunciou ontem que irá adiar por um trimestre o lançamento dos microprocessadores Clawhammer para computadores desktop. Estes chips, comercializados sob a marca Athlon, serão os primeiros da marca a processar dados em 64 bits, em vez dos tradicionais 32 bits processados hoje em computadores desktop e notebook.



Inicialmente estava previsto que os chips seguissem para as fabricantes antes do final deste ano, estimando-se que os computadores chegassem ao mercado no primeiro trimestre de 2003. Com este adiamento, os microprocessadores só deverão ser disponibilizados no primeiro trimestre do próximo ano e, deste modo, os sistemas chegam ao mercado no trimestre seguinte.



Segundo um responsável da AMD, em declarações à Associated Press, os planos mudaram porque era necessário dar espaço ao novo microprocessador Athlon de 32 bits com um bus mais rápido. A velocidade do bus daquele chip será de 333 MHz, comparado aos 266 MHz nos actuais Athlons.



A AMD refere que o Clawhammer irá melhorar todas as aplicações, não apenas aquelas desenhadas para tirar vantagem de processadores de 64 bits. A empresa garante que, ao contrário dos chips Intel, os Clawhammer foram concebidos para serem retro-compatíveis com programas de 32 bits mais antigos. Correm na mesma arquitectura x86 como todos os actuais e antigos processadores.



A AMD pretende lançar igualmente um processador de 64 bits para servidores, conhecido por Sledgehammer, com a marca Opteron. Este também será retro-compatível e deverá ser comercializado na primeira metade do próximo ano.



Notícias Relacionadas:

2002-04-26 - Fabricantes preparam lançamento de novos processadores empresariais

2001-05-25 - Transmeta licencia tecnologias da AMD

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.