Os rumores acerca do futuro “iCar” são relativamente recentes, mas há muito que a Apple parece andar a preparar a sua estratégia automóvel. A prová-lo está um pedido de patente preenchido em 2011 para um sistema de controlo de veículos que transforma um iPhone num dispositivo capaz de abrir as portas do carro, ligar e desligar o motor ou até ajustar o banco do condutor, entre outras capacidades.

A patente da Apple não fala dos seus telefones em específico, mas assume um plano mais generalizado, usando a expressão “aceder a um veículo através de dispositivos móveis”. A intenção é ter uma tecnologia que permita o acesso total às funções do automóvel a partir do smartphone e que, inclusive, permita passar a terceiros esse controlo, ou seja a um segundo smartphone – por exemplo quando se pretenda emprestar o carro a alguém.

Conceptualmente, o controlo estende-se à possibilidade de estabelecer limites de horas em que o carro pode circular ou até mesmo à velocidade da marcha.

O sistema proposto funciona com base na transmissão de uma mensagem de ativação que inclui uma credencial de acesso ao veículo. Esta ligação seria estabelecida usando chaves temporárias. Sugere-se que as ligações entre os smartphones e o veículo sejam baseadas num protocolo wireless de curto alcance, como o Bluetooth ou o LE Bluetooth.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.