Saber gerir as mudanças em curso nas arquitecturas organizacionais e na economia é o primeiro de um conjunto de desafios identificados num novo estudo promovido pela APDSI .

Intitulado “Novas arquitecturas das organizações” o documento faz parte de um trabalho mais alargado, onde se pretenderam identificar os desafios e condicionantes económicos da construção da Sociedade da Informação, apresentado publicamente esta quarta-feira.

Assumindo que a implementação e utilização de novas tecnologias e sistemas de informação nas organizações tem conduzido a importantes modificações nas suas arquitecturas, o estudo aponta desafios como a gestão adequada da informação e das cadeias de valor que a produzem ou a redução da assimetria da informação entre fornecedores e consumidores.

No conjunto de sete desafios identificados surge também a redução dos fenómenos de discriminação ou divisão digital, a par do desafio relacionados com a aquisição de conhecimentos e da capacidade de utilização de metodologias de concepção e de implementação de arquitecturas organizacionais e de gestão de programas e projectos para a sua implementação.

O grupo de trabalho que elaborou o documento considera igualmente que será necessário desenvolver e utilizar arquitecturas organizacionais que permitam, principalmente, às micro, pequenas, médias empresas e serviços públicos a implementação de processos de co-produção de valor, de negócio electrónico e de governo electrónico.

Por último, é deixado um alerta relativamente à importância das cadeias de valor. “É necessário reconhecer a importância das cadeias de valor da informação para todas as organizações e reconhecer a necessidade de preparar os especialistas capazes de as implementar e gerir com eficácia, eficiência e rentabilidade”, sublinhou Joaquim Alves Lavado, coordenador do grupo de trabalho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.