A Autodesk, empresa de software de projecto e criação de conteúdos digitais, anunciou recentemente o lançamento do Autodesk Subscription Program na Europa, um modelo de fornecimento de software que pretende prover os clientes de uma forma prática de permanecerem a par da mais recente tecnologia da empresa.



O programa - primeiramente disponibilizado nos Estados Unidos e Canadá em Agosto de 2001 - encontra-se agora disponível na maioria dos países europeus e consiste numa abordagem alternativa à actualização dos principais produtos, fornecendo aos utilizadores inscritos extensões Autodesk graduais, mediante uma taxa anual.



Os subscritores podem adquirir novas versões dos produtos e fazer o download de extensões à medida que estas são disponibilizadas. A Autodesk indica que, desta forma, é possível reduzir as sobrecargas associadas habitualmente à compra, implementação e formação individuais nas actualizações de produtos completos.



As extensões - que se vão acumulando ao longo do tempo até constituírem uma parte substancial da actualização seguinte - só se encontram disponíveis através do programa de subscrição, avisa a Autodesk que indica ainda que todas as licenças de software cobertas e fornecidas ao abrigo do programa de subscrição são vitalícias.



O novo programa de subscrição é implementado como opção adicional para os clientes e irá operar em paralelo o processo tradicional de actualizações da Autodesk. AutoCAD, AutoCAD Mechanical, Autodesk Architectural Desktop, Autodesk VIZ, Autodesk Inventor Series, Autodesk Civil Design, Autodesk Survey, Autodesk Land Desktop, Autodesk MAP, Autodesk MapGuide e o Autodesk Raster Design são os produtos actualmente disponíveis sob subscrição. A Autodesk avisa que, antes de solicitarem o serviço de subscrição, os clientes devem ter a versão mais recente destes produtos.



Normalmente, as subscrições só podem ser compradas ao mesmo tempo que se adquirem actualizações ou novas versões do produtos, mas a Autodesk explica que, no entanto, e por um período limitado, as subscrições poderão ser adquiridas separadamente pelos clientes que já possuam as versões mais recentes do software da empresa.



"Qualquer cliente que utilize actualmente o AutoCAD 2002 poderá adquirir uma subscrição para esse produto, e irá receber não só todas as extensões que venham a sair durante os 12 meses seguintes, mas também as que já foram publicadas desde que se lançou o AutoCAD 2002 em Junho de 2001", explica a Autodesk em comunicado adiantando que a oferta termina a 31 de Maio de 2002.



O Autodesk Subscription Program é acessível e gerido através do site Autodesk Point, um ponto de acesso pessoal a um conjunto de serviços Autodesk e informação na Internet. Este espaço virtual permite aos coordenadores definidos pelo utilizador visualizar online a sua conta de subscrição, fornecendo assim um acesso seguro ao carregamento de extensões e a pedidos de actualizações. Segundo a Autodesk, os subscritores terão controlo total sobre se e quando pretendem descarregar as extensões e fazer pedidos de actualizações.



Como opção, mediante pagamento adicional, os subscritores podem somar à sua subscrição um contrato Suporte Online Directo Autodesk, passando a dispor da capacidade "Perguntas e Respostas" online directa com os técnicos da Autodesk.



Como parte do processo de implementação do plano para a Europa, os elementos do programa de subscrição foram disponibilizados em Francês, Italiano, Alemão e Espanhol.



Notícias Relacionadas:

2001-11-25 - Autodesk com novas funcionalidades para Internet

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.