Depois das versões para desktop, a NVidia diminuiu o tamanho da sua nova geração de placas gráficas, redesenhadas especificamente para os portáteis. Durante a sua conferência de imprensa, que precede a CES, a empresa revelou que vão ser lançados 40 portáteis equipados com o processador RTX, das principais fabricantes, incluindo a Asus, HP e Alienware, e o primeiro será lançado já no final de janeiro, refere o Engadget.

Um dos destaques é a tecnologia Ray Tracing, que oferece reflexos e iluminação em tempo real, de uma forma mais realística, e nos portáteis, com maior eficiência energética. Alguns dos portáteis irão oferecer designs Max-Q, de forma a equipar as placas em modelos mais finos, embora não tenha a mesma performance dos equivalentes desktops. Foi mesmo mostrado um exemplar de um MSI GS65 Stealth Thin, equipado com um GPU RTX 2080.

A NVidia refere que os portáteis serão lançados com ecrãs com opções de imagem a 1080p e 4K, prometendo também o modelo RTX 2070 para os computadores portáteis.

O Alienware m17 será equipado com as novas placas para portáteis da NVidia, oferecendo um ecrã de 17,3 polegadas (com variantes de 1080p e 4K), embora o design geral seja semelhante ao m15 (que já agora também será atualizado com os novos GPU). O portátil irá oferecer opções das diferentes variantes, a RTX 2060, 2070 Max-Q e 2080 Max-Q. Os clientes poderão optar pelos diferentes processadores de oitava geração da Intel, incluindo o i9. O Alienware m17 será um dos primeiros portáteis a sair no mercado com a atualização gráfica da Nvidia, no dia 29 de janeiro, começando nos 1.650 dólares, mas o m15 também estará disponível a partir de 1.580 dólares.

A Asus é uma das fabricantes a renovar os seus portáteis com a nova placa gráfica da NVidia. Os modelos ROG Strix SCAR II e o ROG Strix HERO II vão receber as opções GeForce RTX. O SCAR II tem dois modelos, de 15,6 e 17,3 polegadas, com ecrãs com uma taxa de refrescamento de 144 Hz e 3 ms de resposta. Este portátil foi desenhado para o gaming, com a opção de uma RTX 2060 ou a RTX 2070. Já o Hero II tem um design mais subtil e será destinado a utilizadores que gostem de jogos MOBA, destacando-se a iluminação do teclado, sobretudo a zona WASD. Este modelo vem equipado com uma RTX 2060. Todos eles têm processadores Intel de oitava geração, 32 GB de RAM e SSD. Os portáteis chegam ao mercado nos próximos meses.

A Razer irá também fazer uma remodelação de hardware ao seu portátil Blade, de 15 polegadas, para introduzir igualmente as três opções de gráficas disponíveis da NVidia. Mas não serão baratos, começando nos 2.299 dólares para a versão com RTX 2060, 16 GB de RAM, 512 GB de armazenamento e ecrã 1080p a 144 Hz. Equipado com a RTX 2080, o Blade será 2,999 dólares. O portátil também chega ao mercado a partir do dia 29 de janeiro.

O SAPO TEK está a explorar todos os espaços da CES 2019 e vai trazer as principais novidades e tendências, assim como anúncios de produtos, que pode acompanhar aqui.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.