A Lenovo não fugiu à regra e a sala para a sua conferência de imprensa não foi suficiente para acolher o interesse de centenas de jornalistas que acorreram ao espaço no The Venitian para ver as novidades. E a empresa não desiludiu quem reservou mais de uma hora do tempo na CES 2019, que é sempre curto para tudo o que há para ver.

As joias da coroa continuam a ser os portáteis da linha Yoga e ThinkPad, e a Lenovo tem novidades que vão chegar nos próximos meses ao mercado. O Yoga S940 é o modelo mais impressionante, pensado para ser mais leve e elegante, com um contorno de ecrã em vidro e a localização da câmara numa posição sobreelevada, criando uma espécie de notch ao contrário.

O equipamento foi equipado com 8 novas smart features que o torna ainda mais interessante, sdicionado formas de reconhecimento de rosto, desfocagem de fundos em videoconferência, bloqueio automático e a utilização de voz personalizada, que só reconhece a voz do “dono”, seja com a Cortana ou a Alexa.

Ainda na linha Yoga o C730 foi renovado para incluir um ecrã AMOLED, que ajuda a dar mais cor às imagens, e o novo desktop A940 traz a dimensão do ecrã para trabalhos de secretária com a flexibilidade de posicionamento no ângulo que o utilizador pretende.

A gama de gaming foi também renovada, com os mesmos conceitos de design discreto mas arrojado e a integração dos novos gráficos da Nvidia. Uma mudança interessante é a aposta numa área mais fresca na parte frontal e a mudança das portas e das saídas de calor para a traseira do portátil. Os novos Legion são o Y740 e o Y540 que chegam às lojas nos Estados Unidos em fevereiro e maio, respetivamente.

Há também novos acessórios para gaming, como um teclado mecânico, um rato e auscultadores, mas também o ecrã curvo de 44 polegadas que tem o mesmo espaço útil que dois ecrãs tradicionais lado a lado.

Para a área profissional há igualmente novidades na linha ThinkPad X1 com a sétima geração do X1 carbon com mais presença de carbono e a quarta geração do ThinkPad X1 Yoga em alumínio, que apresentou alguns desafios técnicos e de design que foram ultrapassados.

Dispositivos mais inteligentes para repensar o uso dos tablets e dos despertadores

O segmento dos tablets tem vindo a perder “gás” mas a Lenovo não desiste e está apostada em tornar estes dispositivos mais úteis. Os Lenovo Smart Tab querem voltar a conquistar espaço nas casas e trazem uma integração maior com a Alexa da Amazon, através de uma smart dock que funciona como uma coluna da assistente virtual (semelhante ao Echo)  e que pode ser emparelhada com outros equipamentos Bluetooth, ao mesmo tempo que serve de base para o tablet e doca de recarregamento.

Nos dispositivos para casa a Lenovo está também a repensar a utilização do despertador. Grande parte dos utilizadores recorrem atualmente ao smartphone para definir o alertas para acordar, mas com o Smart Clock ficam com um dispositivo mais inteligente, que integra algumas funcionalidades de acordar suave, definição de um ambiente para adormecer e com a possibilidade de programar rotinas como acontece nas colunas de assistente pessoal.

Como este é um equipamento para estar no quarto a preocupação com a privacidade foi maior e por isso não há nenhuma câmara integrada.

E a promessa é que, mesmo que se esqueça de ligar o alarme para a hora certa, a assistente vai verificar se tem algum compromisso agendado e trata de o acordar a tempo.

O Smart Clock chega às lojas na primavera e tem um custo de 79,99 dólares.

O SAPO TEK está a explorar todos os espaços da CES 2019 e vai trazer as principais novidades e tendências, assim como anúncios de produtos, que pode acompanhar aqui.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.