A Segway-Ninebot está a preparar-se para apresentar as suas mais recentes apostas no mundo da mobilidade dentro e fora da cidade na edição de 2020 da CES. Além de trazer consigo uma série de novas trotinetas e bicicletas elétricas, a empresa vai aproveitar a feira internacional de eletrónica de consumo para apresentar um novo conceito de transporte. Qualquer semelhança com as “cadeiras flutuantes” do universo de WALL-E é uma mera coincidência.

O S-Pod será a nova aposta da Segway-Ninebot para a CES 2020
Créditos: Segway-Ninebot

O S-Pod é uma espécie de cápsula móvel elétrica autoequilibrada destinada a ser utilizada em espaços como aeroportos, parques temáticos ou centros comerciais. Ao contrário de, por exemplo, o modelo original das scooters da Segway, o utilizador não precisa de se inclinar para a frente para fazer o veículo movimentar-se mais rapidamente. O condutor necessita apenas de controlar um joystick integrado para ajustar a velocidade e a direção do S-Pod.

O S-Pod da Segway-Ninebot em movimento. O S-Pod da Segway-Ninebot em movimento.
Créditos: Segway-Ninebot

Inspirado nas "Gyrospheres" dos mais recentes filmes de Jurassic Park, o S-Pod roda tendo como eixo o seu centro. A sua velocidade máxima de 38 quilómetros por hora não seria, decerto, a mais ideal para escapar às garras de dinossauros, mas ainda assim é o dobro do que as trotinetes conseguem. Ao contrário dos veículos da saga cinematográfica, o S-Pod não tem uma cobertura, permitindo ao condutor “desfrutar” do ar fresco. Já quanto ao risco de o veículo cair ao fazer uma travagem brusca, a Segway-Ninebot promete que este é quase impossível.

A empresa indica em comunicado à imprensa que uma versão S-Pod para o consumidor poderá chegar em 2021, embora não revele pormenores acerca do seu possível preço, algo que poderá estar “sob a mesa” na edição de 2020 da CES.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.