O Reddit foi a plataforma escolhida para um número crescente de compradores de criptomoedas relatarem que a Coinbase debitou valores das suas contas sem autorização.

Alguns utilizadores referem que chegaram a ser cobrados 50 vezes pela mesma transação e, segundo o The Verge, este é um problema que já se arrasta há duas semanas.

A Coinbase prometeu reembolsar os seus clientes e pediu aos utilizadores para que entrassem em contato com o departamento de apoio ao cliente da empresa para mais esclarecimentos.

A plataforma culpou a Visa pela ocorrência, afirmando que o problema foi causado por uma mudança na forma como a companhia de serviços financeiros trata as transações que envolvem criptomoedas e que permitiu que os bancos e as emissoras de cartões de crédito cobrassem taxas adicionais aos clientes.

Ao site CNet, a Visa comunicou que não mudou o seu sistema de cobrança e afirmou ter entrado em contato com a Coinbase para oferecer assistência e garantir que as pessoas não sejam cobradas por transações duplicadas.

No entanto, apesar de não assumir a culpa, a Visa e a Worldpay, entidade que processa pagamentos para a Coinbase, emitiram um comunicado conjunto onde dizem que “alguns dos clientes que usaram um cartão de crédito ou débito na Coinbase podem ter sofrido transações duplicadas”.

Nesse sentido, as duas empresas têm vindo a trabalhar juntas para reverter a situação que esperam estar resolvida “dentro dos próximos dias”. Se o problema persistir, os clientes devem entrar em contato com o banco que emitiu o cartão.

No Twitter, o vice-presidente da Coinbase reitera que se trata de um problema “da Visa e da Worldpay que só elas podem resolver”, afirmando-se satisfeito com a confirmação de que a sua empresa não estava envolvida no incidente. Ao mesmo tempo, lamentou que algumas pessoas tivessem tirado conclusões precipitadas ao acusar a Coinbase de tudo.

tek coinbase

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.