Na quarta edição do Codebits que hoje arranca no Pavilhão Atlântico estão presentes 700 participantes, 8 por cento dos quais estrangeiros. O número representa um crescimento significativo face à primeira edição do evento, que recebeu 400 programadores, e deixa de fora muitos dos 1.500 inscritos.



Nos três dias de Codebits estão previstos 60 workshops e concursos de programação. Uma das novidades da edição 2010 é precisamente a extensão do período da competição principal de 24 para 48 horas. O desafio à criatividade visa as áreas de programação, design ou tecnologias de Internet. No último dia do evento todos os projectos têm espaço para uma apresentação de 90 segundos, onde resumem as características principais do trabalho que estiveram a desenvolver.



Logo na abertura, esta manhã, o espaço dedicado ao Codebits estava composto, com sala cheia para ouvir as apresentações que marcaram o arranque das sessões de conferências. Ao lado da sala principal da conferência, na zona dedicada aos trabalhos, a movimentação entre mesas redondas, palcos distribuídos pelo espaço - com apresentações sucessivas - e espaço de refeição (a cozinha) é constante.



Neste primeiro dia de Codebits foi possível saber como fazer hambúrgueres com Javascript (titulo do tema de um dos painéis), criar um quadrocóptero, ou ouvir os relatos do Spacebits, um projecto desenvolvido por uma equipa de quatro colaboradores do Sapo, que junta uma caixa, uma máquina fotográfica, algum equipamento informático e um balão que recolhe imagens a cada viagem à estratosfera.



A equipa detalhou os passos de criação do projecto, explicou como se faz e partilhou alguns momentos relativos aos lançamentos que já fez e à caça ao balão, que começa quando este rebenta e a caixa com a câmara volta ao chão.



Entre as principais salas podem ainda ver-se algumas verdadeiras peças de museu, num espaço a que a organização chamou retrocomputing. Entre computadores e consolas de outros tempos há muito para ver e mexer. Diríamos que as consolas antigas estão entre as peças retro que mais despertaram a curiosidade ao longo de todo o dia. No mesmo espaço, do lado oposto, joga-se no novo serviço Meo Jogos, apresentado esta manhã.



Na sala principal do evento, além das mesas redondas que agrupam os programadores participantes nesta edição 2010, também há um espaço reservado a mostrar algumas inovações, na maioria ligadas ao universo PT, directamente ou via parceiros.



A Samsung mostra o conceito de Smart TV e a nova plataforma de serviços que dá suporte os modelos de televisão com ligação à Internet, a PT Inovação dá algumas pistas relativamente ao trabalho de desenvolvimento que as equipas vão fazendo as apostas fortes do grupo, como o Meo.



Pode ver-se no espaço da empresa de Aveiro diversas aplicações ainda em prova de conceito, mas que a breve podem chegar ao serviço de televisão. Uma das aplicações em demonstração é a possibilidade de receber alertas de chamadas VoIP através da set-top-box do serviço de TV, no ecrã. A funcionalidade permite receber alertas no ecrã da TV de chamadas recebidas, não atendidas, ou consultar o registo de todas as chamadas



Há ainda no mesmo espaço uma banca de livros e mais oportunidades para descontrair jogando consola, experimentado o novo sensor de movimentos da Xbox, o Kinect, ou a versão mais tradicional da consola, com comandos.

Cristina A. Ferreira

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.