A Critical Software o e Instituto das Telecomunicações vão desenvolver uma tecnologia que permitirá a identificação e classificação de navios "através de uma nova geração de imagens de satélite de alta resolução", explicam as entidades em comunicado.


O projecto servirá para criar novos mecanismos de controlo da fronteira externa da união Europeia, no âmbito das atribuições da Agência Europeia de
controlo das fronteiras, a FRONTEX. A parceria público/privado é financiada pela Agência da Inovação "com o propósito de potenciar a colaboração existente entre as instituições e a indústria portuguesa no campo estratégico da detecção remota com imagens de satélite", acrescenta o comunicado.



A Critical Software explica que já existem alguns serviços de controlo marítimo baseados em dados de satélite, mas acrescenta que ainda não permitem uma detecção de grande qualidade sobre dimensão e características dos navios.



O sistema que a empresa de Coimbra vai desenvolver em parceria com o Instituto de Telecomunicações irá recorrer ao satélite TerraSAR-X que "suporta um sensor SAR de elevada potência, capaz de uma resolução espacial sem precedentes".



Notícias Relacionadas:

2007-01-29 - Empresa do grupo Critical Software nomeada para o Prémio Europeu TIC

2006-12-06 - Ydreams, Critical Software, InfoPortugal e LusoSpace na mira da Google

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.