Com algum atraso face às suas rivais, a IBM anunciou a disponibilização de uma versão gratuita da sua base de dados para servidor DB2 Express. Ao contrário das concorrentes, que impõem limites relativamente à dimensão ou ao número de utilizadores que acedem em simultâneo à plataforma, a Big Blue preferiu colocar restrições ao nível da capacidade de memória.



A DB2 Universal Database Express-C está disponível para Linux e Windows e pode correr em servidores com até dois processadores dual-core, com um máximo de 4 GB de memória. A nova base de dados pode ser colocada em produção, integrando ofertas de software de terceiros e está disponível para download a partir do endereço www.ibm.com/db2/express.



A DB2 Express-C deixa cair algumas das características presentes na primeira versão da DB2 Express, lançada em 2003, nomeadamente as ferramentas DB2 Warehouse Manager, Informix e o DB2 Connect. Os clientes interessados nos serviços de apoio técnico da IBM também terão que optar por uma das versões comerciais da base de dados.



A fabricante anunciou, contudo, que pretende actualizar a versão gratuita com as tecnologias DB2 mais recentes, estando já previsto para o final do ano um upgrade do software para a introdução das capacidades associadas à futura versão da base de dados, com o nome de código "Viper", actualmente em testes beta, diz num comunicado.



A IBM foi a última entre as três maiores fabricantes de bases de dados a avançar com uma versão gratuita do software para servidor. A Microsoft tomou a iniciativa com a apresentação da SQL Server 2005 Express, seguida pela Oracle, que no final do ano passado apresentou a Database 10g Express Edition.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.