Os dados preliminares da IDC e da Gartner para a venda mundial de PCs no último trimestre indicam um crescimento acima do esperado, atribuindo à Dell a maior quota de mercado.



A empresa de Michael Dell recupera assim a liderança à HP que no último trimestre de 2003 havia passado para primeiro lugar, beneficiada pelos bons resultados no mercado de consumo e na região europeia.



De acordo com os cálculos da IDC, no primeiro trimestre deste ano foram vendidos 41,3 milhões de PCs no mundo inteiro, valor traduzido num crescimento de aproximadamente 17 por cento, para o qual muito contribuiu o aumento registado das compras por parte do sector empresarial. Por regiões, a Europa foi o mercado de crescimento mais rápido, graças à retoma do investimento empresarial nos PCs e à força do Euro.



A Gartner por sua vez indica que as unidades vendidas a nível mundial terão totalizado 45,3 milhões, num crescimento de 13,4 por cento face ao ano anterior, mas 6,8 por cento abaixo comparativamente ao trimestre anterior.


As duas consultoras usam métodos ligeiramente diferentes que causam alguma disparidade entre os números. Os valores de crescimento apurados estão, porém, acima das previsões para o ano de 2004 realizadas pelas duas empresas.




Conseguindo capturar uma boa parte do aumento das vendas dentro do mercado empresarial, a Dell comercializou 7,7 milhões de PCs no mundo inteiro, num crescimento de 28 por cento, para registar uma quota de mercado de 18,6 por cento, de acordo com a IDC.



Apesar das vendas terem registado um crescimento de 16 por cento durante o primeiro trimestre deste ano, a quota de mercado da HP baixou para os 15,5 por cento, dos 16,7 por cento registados nos últimos três meses do ano de 2003, indica a IDC, com a Gartner a fornecer dados idênticos.



A IBM - dona de uma distante terceira posição - também beneficiou do interesse mostrado pelo mercado empresarial durante o primeiro trimestre deste ano, com uma taxa de crescimento de 20,2 por cento, diz a Gartner.



Com um crescimento de apenas sete por cento comparativamente a idêntico período do ano anterior, a Toshiba abandonou a lista mundial das "cinco maiores" fabricantes, quando a Acer, cujas vendas subiram em mais de 35 por cento, passou a ocupar a quinta posição do top. A Fujitsu Siemens manteve o quarto lugar.



Para 2004, a Gartner prevê que as vendas aumentem 10,9 por cento em termos mundiais, enquanto a IDC avança uma estimativa de 11,4 por cento.



Notícias Relacionadas

2004-01-15 - HP recupera liderança do mercado de PCs no último trimestre de 2003

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.