A Disney nunca lidou bem com a indústria dos videojogos, mesmo que tenha sido responsável por diversos estúdios no passado. Quando adquiriu o império de George Lucas, uma das consequências foi o encerramento da LucasArts em 2013, responsável não só por títulos baseados em Star Wars e Indiana Jones, como outras tantas séries de videojogos clássicas, sobretudo no género de aventuras point and click (Monkey Island, Grim Fandango, Sam & Max, etc.).

A label Lucasfilm Games ainda é anterior à LucasArts e acaba de ser ressuscitada pela Disney, que está à procura de pessoas para gerir as suas licenças de Star Wars, provavelmente para lidar com os constantes cancelamentos dos jogos em produção na Electronic Arts. Mas estará também, segundo a PC Gamer, à procura de desiners, produtores, gestores de comunidades e lead game designers.

tek lucasfilm

Na descrição das vagas de emprego, é referido que os candidatos “irão ajudar a construir a próxima geração de produtos Star Wars e herança da Lucasfilm”. Referem-se ainda à produção de produtores interativos baseados no próximo filme de Star Wars, assim como a série televisiva que está a caminho, mas não estão descartados novos títulos baseados nos filmes clássicos do universo.

Recorde-se que o próximo videojogo conhecido em produção pela Electronic Arts é o Star Wars Jedi: Fallen Order, previsto para o final do ano, e está no "forno" da Respawn Studios, o mesmo estúdio responsável pelo bem-sucedido Apex Legends, que recebeu hoje a primeira temporada.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.