O acordo assinado pela Microsoft e pela Electronic Arts poderá provocar alterações na liderança do mercado de consolas de jogos. Comunicada na feira de electrónica e entretenimento E3, a parceria entre as duas empresas garantirá ao Xbox Live uma dúzia de novos jogos e novas armas para concorrer com a líder incontestável de mercado, a PlayStation.



A empresa detida pela Sony mantinha um acordo de exclusividade com a EA até finais do ano passado, que lhe dava acesso a todos os títulos desenvolvidos pela empresa, especialistas em jogos desportivos. Contudo a EA cedeu às propostas recorrentes da Microsoft e decidiu alargar o seu leque de clientes, passando a fornecer as duas concorrentes, conforme revela um comunicado.



O acordo há muito que vinha sendo tentado pela Microsoft com sucessivas recusas da EA que não concordava com o modelo de negócio proposto pela empresa de Bill Gates. Nos termos em que foi definido, o modelo aplicado aos parceiros de jogos implicava que estes alojassem os seus produtos nos servidores Live da empresa, ao qual não teriam qualquer acesso.



A Microsoft acabou por ceder e garante agora o acesso da EA às aplicações alojadas nos servidores Live, explicaram as empresas em conferência de imprensa citada pela Reuters.



A parceria com a EA dá à Microsoft a possibilidade de competir com a rival PlayStation em condições de que nunca dispôs desde que está no mercado dos jogos online. A relação de exclusividade entre a EA e a participada da Sony manteve à distância a Xbox que tentou competir pelos preços, promovendo várias baixas ao preço da sua consola. Segundo responsáveis da empresa a estratégia de preços irá manter-se ao que se junta um leque de jogos bastante mais variado.



A Microsoft não admitiu oficialmente, mas especula-se na imprensa internacional que a retirada do mercado da maior parte do portfólio de jogos de desporto recentemente terá sido uma condição imposta pela EA para que a parceria pudesse realizar-se.



No evento, a empresa de Bill Gates anunciou ainda que mais para o final do ano lançará uma versão 2 do Halo e um sistema de video-chat, que colocará à venda primeiro no mercado japonês. Este sistema permite que até cinco pessoas conversem utilizando uma web câmara normal ligada à consola de jogos.



Notícias Relacionadas:

2004-02-23 - Microsoft planeia adição de novas funcionalidades a Xbox Live

2003-04-22 - Xbox Live ultrapassa os 50 mil utilizadores na Europa

2002-11-15 - Xbox Live estreia serviço online nos Estados Unidos e Canadá

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.