Três anos após o início do arranque do projecto e da fase de acreditação internacional no primeiro trimestre do ano passado, a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto tornou-se a primeira instituição de ensino superior nacional a receber acreditação informática, atribuída pelo "Trusted Introducer".




Esta competência permite que a FEUP passe a estar integrada na equipa europeia Computer Security Incident Response Teams (CSIRT's), que representa e identifica oficialmente o grupo de equipas orientadas para segurança informática.




Enquanto CSIRT.FEUP, a instituição de ensino mostrou as suas capacidades ao identificar um problema de segurança que, de acordo com a informação fornecida à imprensa, poderia ter colocado em causa a segurança de centenas de sistemas grid em todo o mundo.




Agora, e já inserida na rede europeia de CSRIT, a faculdade portuguesa vai continuar a trabalhar na área de segurança informática, adquirindo e partilhando conhecimentos com outros membros da equipa.




Até aqui, só o CERT.PT, entidade tutelada pela Fundação para a Computação Científica Nacional, possuía esta acreditação, uma mais valia nos dias que correm "numa altura em que as tecnologias de informação e comunicação se apresentam um dos meios indispensáveis para a actividade diária das organizações", principalmente, tendo em conta que "a presença online representa enormes perigos, nomeadamente aqueles que estão relacionados com a segurança informática, devido à crescente criminalidade nesta área", diz a FEUP em comunicado.



Notícias Relacionadas:

2006-06-06 - CERT.PT alarga funcionalidades para garantir maior informação a utilizadores finais

2006-01-25 - FEUP acolhe Cluster de Alta performance para incrementar capacidade de cálculo aplicada à investigação

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.