José Correia, diretor geral da HP Portugal, fez um balanço da empresa, salientando a inovação e o crescimento, com diferentes distinções e prémios em diversas áreas de crescimento. A empresa destaca o seu trabalho na inovação, seja a disrupção ou o acréscimo de valor ao mercado. Salientou a sua liderança nos mercados onde opera, sobretudo na área do consumo e pequenas empresas. O gaming é um dos grandes destaques do seu novo catálogo, mas também conta com novos acessórios e impressoras.

A HP refere 5+1 áreas de crescimento da empresa. O gaming, periféricos, consumer e subscrições, área de industrial graphics e 3D. Nos últimos 18 meses a HP tem vindo a comprar empresas, numa aposta para o seu futuro. “Não basta ter os produtos, ter inovação e patentes, mas também continuar a executar de forma consistente”, disse José Correia. Ontem foram divulgados resultados sólidos para o segundo trimestre fiscal, tendo ultrapassado as expetativas, aumentando a previsão anual adiantada anterior.

Veja na galeria os novos acessórios da HP:

A fabricante disse que cresceu 4% no segundo trimestre, muito graças à procura de PCs, alavancado pelo trabalho híbrido. “Os resultados mostram que conseguimos executar com consistência o que planeamos”. E isto apesar dos problemas logísticos e de incerteza do mercado para o final do ano, devido à guerra na Ucrânia e o fecho das fábricas de componentes devido aos surtos na China.

Em Portugal, o primeiro semestre ficou acima das expetativas e está em linha para superar o crescimento previsto para este ano. Se tudo correr como previsto, este vai ser mais um ano recorde para a empresa em Portugal. Antevê que o próximo semestre deve bater os resultados de 2019 no mesmo período, antes da pandemia, provando uma retoma das vendas. A empresa salienta ainda as preocupações com o meio ambiente, mas também as pessoas. Diz que não trabalha para os rankings ou prémios, mas é com orgulho que salienta as distinções que a empresa tem recebido, a nível de responsabilidade, na melhor gestão e em termos éticos.

Novas impressoras no catálogo mais sustentáveis

Paulo Matos, responsável pelos produtos de impressão da HP, salienta os resultados da sua solução HP+. Sete em cada 10 clientes aderiram ao serviço (72%), com 98% em soluções laser, 70% em jato de tinta. Os resultados superaram as expetativas da própria empresa. Diz que o cliente está a tomar decisões sustentáveis, uma vez que a HP faz a florestação mediante as vendas feitas dos seus produtos de impressão.

O Instant Ink para Toner tem o suporte de dois novos modelos de impressoras, a LaserJet 100 e a LaserJet 200. Em Portugal, o serviço existe desde 2017 e tem uma taxa de adoção superior a 15% e vai chegar aos 50 mil utilizadores neste trimestre, refere Paulo Matos. A impressora mais pequena do mundo, a LaserJet 100, diz que é eficiente e compacta, ideal para 1 a 3 utilizadores que imprimam menos de 1.000 páginas por mês. Pode ser usada a partir do telemóvel. Tem um ano extra de garantia e oferta da app Instant Ink por 6 meses.

Veja na galeria novas imagens das impressoras:

A empresa está a apostar na gama Smart Tank 7000, uma impressora fácil de configurar e usar, com rápida impressão frente e verso. Tem até 3 anos de tinta incluída na caixa, procurando formas de sustentabilidade e impacto positivo no meio ambiente. A impressora foi construída com materiais reciclados do oceano. Destina-se a empresas que não querem preocupar-se a longo prazo com as questões de impressão.

O modelo de entrada, a Smart Tank 7005 e a 7305, esta segunda com acesso à rede. O topo de gama, a Tank 7605 tem indicadores de status da tinta, fácil de usar por telemóveis, custa 499 euros. O modelo tem um ecrã interativo. Já os modelos 7007/7305 tem um sistema de botões em guide para orientar os utilizadores nas funções que precisam. Tem ainda um sistema de código de cores que ajudam os utilizadores sobre o estado da impressora.

Novos computadores para produtividade, criação de conteúdos e gaming

Nuno Azevedo, responsável por computing de consumo, focou a sua apresentação dos modelos gaming. Destaca o consumo de computadores híbridos e na sua área premium tem nove novos computadores. O Spectre x360 de 13.5 polegadas é um 2-1, um conversível para trabalho. O Envy x360 tem uma bateria para 20.5 horas, para utilizadores que procuram autonomia. Os criadores de conteúdo são o alvo principal dos seus modelos, com foco de trabalho com várias pessoas, facilidade nas videochamadas, assim como dar liberdade para trabalharem em qualquer local.

As câmaras de 5 MP são transversais ao seu novo catálogo de computadores. O sistema autoframe acompanha o movimento dos utilizadores durante as videochamadas. O ajuste de luz e redução do ruído exterior por inteligência artificial para melhorar a experiência nas conversas.

Para criadores que procuram ecrãs 3:2, para tarefas de produtividade e navegação de internet. Os ecrãs 16:10 do Evy 16 para quem edita vídeo e áudio. Algumas das configurações podem chegar a resoluções de 4K.

Veja na galeria imagens do Envy 16:

O Envy 16 tem uma RTX 3060, Intel Arc e memórias RAM DDR5, ideal para quem trabalha gráficos 3D. O sistema térmico do modelo utiliza uma câmara de vapor, para manter o equipamento refrescado em maiores cargas de processamento. A interligação dos seus portáteis e o seu ecossistema HP, a HP Pallete, para facilitar o processo de criação. A facilidade de interação entre o smartphone e os computadores da marca, com emparelhamento fácil e partilha de ecrã. A aplicação garante diferentes funcionalidades para os criadores de conteúdos, sem perder tempo a trocar de apps.

A sua gama geral de computadores é também mais sustentável. A HP diz que procura reduzir o impacto ambiental, usando plásticos do oceano, uso de alumínio reciclado, assim como os materiais das caixas de transporte.

Na gama de gaming, a empresa apresentou o Omen 16, em duas cores, preto e branco. A HP verificou que os utilizadores estão a passar mais tempo a jogar, numa tendência crescente nos próximos anos. O Omen 16 aposta na redução do ruído e maior circulação de ar: duas entradas de ar frio e quatro saídas de ar quente. A fabricante destaca a atualização do seu sistema de refrigeração, adicionando um quinto heat pipe e uma quarta ventoinha de circulação que a marca diz reduzir 3% a temperatura do GPU e 14% o SSD.

Os utilizadores podem optar por diferentes configurações de hardware para o novo Omen 16: o processador pode ir até Intel Core i9 de 12ª geração ou AMD Ryzen 9 6900HX, e nas placas gráficas pode optar até GeForce RTX 3070 Ti da NVidia ou AMD Ryzen RX 6650M. Os portáteis podem receber até 32 GB de memória DDR5 a 4800 MHz e até 2 TB de armazenamento interno SSD PCIe Gen4x4.

O ecrã IPS tem resoluções até 2560x1440 a 165 Hz e tempo de resposta de 3 ms. É 100% compatível sRGB e tem as habituais certificações de diminuição das luzes azuis nocivas da TÜV Rheinlan. O teclado mantém a iluminação RGB, com integração ao OMEN Gaming Hub Light Studio para os utilizadores poderem personalizar ao seu gosto.

O Omen 16 chega ao mercado no verão por 1.399,99 euros.

O segmento Victus, apresenta o novo membro o Victus 15. A gama de portátil é para quem entra no mundo de gaming. Tem três cores: branco, azul e cinzento. O portátil tem um ecrã de 15 polegadas, com uma resolução de 1080p a 144 Hz. Pode ser configurado com uma placa gráfica até GeForce RTX 3050 Ti Laptop ou uma AMD Radeon RX 6500M. Pode optar por um processador Intel Core i7 de 12ª geração ou AMD Ryzen 7 5800H, assim como até 16 GB de RAM DDR4 a 3200 MHz. Utiliza um SSD até 1 TB PCIe Gen4.

A ferramenta Optimizer permite melhorar a performance do computador através de software, tais como o FPS. O HUB de gaming da Omen permite comunicar com amigos e oferece ferramentas para os jogadores fazerem streams dos seus jogos.

O portátil Victus 15 chega ao mercado no verão, a começar nos 899,99 euros.

Acessórios e monitores com foco nas videochamadas

A empresa está a adquirir empresas fabricantes de acessórios. O seu rato HP 930 é totalmente configurável, com seis botões programáveis, tem uma autonomia de 12 semanas, com carregamento USB. Pode ser usado entre diferentes sistemas operativos. Custa 99,99 euros.

O teclado HP 970 é igualmente orientado para a produtividade, retroiluminado e com 20 teclas programáveis. Pode ser usado por USB 2,4 GHz. Tem sensor de aproximação que liga a retroiluminação quando o utilizador está perto, apagando-se quando se afasta, para poupar bateria. Custa 149,99 euros. A webcam HP 950 4K, tem um design elegante, suportando resoluções de 1080p e 4K, tendo 103º de amplitude. O seu sistema de IA enquadra automaticamente o utilizador. Usa um íman para se agarrar ao monitor. Custa 179,99 euros.

Os monitores HP M24 e M27 Webcam, têm uma câmara integrada de 5 MP, com 24 e 27 polegadas, respetivamente. Um único USB-C para transmitir imagem e carregar portáteis até 65 W. Tem um Display Center para controlo de som e imagem. Pode ajustar e rodar o ecrã confirme o utilizador necessite. O ecrã e suporte usam 85% de materiais recicláveis.

Ainda nos monitores, desta vez para gaming, o Omen 27c é curvo com 27 polegadas, tem 240 Hz e 1 ms de tempo de resposta. Suporta AMD FreeSync e NVidia GPUs. Tem uma resolução 2560x1440. Chega ao mercado por 529 euros.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.