A Hewlett-Packard começou hoje a comercializar computadores com sistema operativo Linux em 12 países asiáticos, entre eles o Japão, a China, a Coreia do Sul, a Índia e a Tailândia. Os sistemas disponíveis correrão software Turbolinux, uma versão do sistema operativo open-source baseado no SuSE Linux da Novell, e destinam-se ao mercado empresarial.



Baseados no último kernel Linux, o 2.6, a distribuição integra o OpenOffice.org 1.1 e suporte para várias tecnologias como 802.11b, FireWire, gravador de CDs, Bluetooth e software para câmaras digitais, de acordo com o adiantado pela Turbolinux em comunicado.



Utilizando software não proprietário, os desktops deverão ter preços mais baixos do que os anunciados para as versões Windows, situando-se entre os 400 e os 1.500 dólares. Durante o primeiro ano, a fabricante pretende vender um milhão de unidades de PCs Linux na Ásia, indica o jornal Nihon Keizai Shimbun, citando fontes próximas à HP.



A HP escolheu a Ásia para o lançamento da sua linha de PCs Linux porque a procura por PCs de baixo preço é particularmente forte naquela região, onde ultimamente a venda de computadores tem crescido de forma acentuada, reporta o jornal japonês. O Nihon Keizai Shimbun refere ainda que o serviço de pós-venda será idêntico ao prestado para as máquinas Windows.



A maior parte do negócio de Linux da HP na Ásia deverá centrar-se no mercado chinês, país cujo volume de vendas de PCs ultrapassou o do Japão em 2003. A quota de mercado da fabricante norte-americana na China rondava os quatro por cento nesse mesmo ano, mas a HP pretende elevá-la a um número de dois dígitos até 2008 através do negócio de software livre.



Notícias Relacionadas:

2003-09-24 - HP poderá indemnizar clientes Linux face a eventual processo da SCO

2003-08-04 - IBM e HP revelam apostas no Linux Word Conference

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.