As empresas estão cada vez mais digitais e conectadas online, e dessa forma são potenciais alvos de ataques cibernéticos. A Hiscox, seguradora especializada em questões de segurança, lançou uma calculadora de exposição cibernética, ou seja, uma ferramenta que ajuda as empresas a calcular o possível impacto financeiro que um eventual ataque cibernético possa fazer.

A ferramenta é gratuita e permite às empresas terem uma visão exclusiva do valor dos seus dados, selecionando o país, sector e receita. Da mesma forma, poderá obter informações sobre os tipos de ataques cibernéticos que os seus negócios podem enfrentar. Para além da consulta online, é possível partilhar os resultados offline a colaboradores e parceiros, de forma a decidir orientações e discussões adicionais sobre como gerir ou mitigar os respetivos riscos.

Segundo Laura Tavares, responsável pela subscrição de Riscos Cibernéticos da Innovarisk, a representante portuguesa da Hiscox, “o lançamento desta calculadora vem ajudar o tecido empresarial a compreender e tomar consciência, de forma simples, interativa e com dados reais, de quais as principais implicações financeiras que se seguem a um ataque cibernético”. A empresa pretende que a ferramenta funcione como veículo de aprendizagem e um primeiro passo para mitigar os riscos cibernéticos, que estão em constante evolução.

A ferramenta foi desenvolvida em parceria com diversas consultoras e é sustentada por um modelo “value at risk” que se baseia em dados de sinistros, dados de ameaças, relatórios do setor, benchmarking, informações sobre segurança cibernética e experiência no mundo real. Segundo a calculadora, as simulações das perdas resultantes dos crimes cibernéticos podem variar de forma ampla, de acordo com a localização, a indústria e as receitas da empresa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.