A diretora executiva da Hewlett-Packard, Meg Whitman, revelou numa conferência internacional que a sua empresa tem todo o interesse em fazer parte do mercado da impressão 3D. A CEO garantiu que a meio do próximo ano a tecnológica vai ter um produto para apresentar ao mercado.

"Estamos muito entusiasmados com a impressão 3D e os nossos laboratórios já estão a trabalhar nisso. Queremos liderar este mercado", revelou a executiva no Canalys Channels Forum, na Tailândia, citada pelo The Register.

Há a hipótese de ser uma impressora 3D, mas o primeiro produto da HP neste mercado pode passar pela prestação de serviços a empresas que já têm impressoras à venda. O objetivo é acelerar os processos de impressão e tentar reduzir os custos associados à atividade.

Meg Whitman revelou ainda uma estimativa, dizendo que o ano de 2016 vai possivelmente ser o "ponto de viragem" da impressão 3D. A CEO revelou no entanto que está consciente de que nos próximos anos as impressoras e os serviços de impressão 3D não se vão tornar um negócio maioritário.

Atualmente o segmento da impressão 3D é dominado por novas empresas ou por players menores, como a Makerbot ou a Ultimarker. Portugal também já tem uma empresa dedicada exclusivamente à impressão 3D. A Beeverycreative tem à venda a Beethefirst por 2.220 euros.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.