Em 2019 a Huawei anunciou em Portugal a sua gama de PCs Matebook  e os equipamentos tiveram bons resultados no mercado, juntando inovação e algumas funcionalidades diferenciadoras com um preço acessível. Shen Yun, Country Manager da Huawei CBG em Portugal, confirmou já ao SAPO TEK que a empresa vai manter a aposta neste segmento e que tem novidades preparadas para o final do ano.

“Temos vindo a alargar as áreas de produto, como por exemplo, os segmentos de áudio, computadores e wearables, o que se tem refletido no aumento dos índices de notoriedade da Huawei nestes segmentos”, explicou Shen Yun. Em entrevista ao SAPO TEK, adiantou que a empresa vai continuar a investir no segmento de PCs e que quer alargar o portfólio, que até agora se tem centrado nos modelos ultra thin mas que deverá ganhar novos equipamentos para a área de gaming e all in one, um desktop de secretária semelhante aos iMac.

Satisfeito com o desempenho no mercado português, o executivo da Huawei afirma que “o primeiro Matebook da marca foi lançado em 2019 no mercado português. com um investimento de marketing limitado, tendo a oferta sido reforçada no início do ano seguinte. Em Maio de 2020 dois dos nossos Matebooks já se encontravam no top 10 de vendas de laptops em Portugal”.

A pandemia e o confinamento, com o teletrabalho e a telescola, ajudaram a impulsionar as vendas de computadores e a procura destes equipamentos continua alta, mas os problemas de falta de componente têm sido um desafio para a indústria. “Mesmo tendo em conta este contratempo que está a ser registado um pouco por todo o Mundo e nas mais variadas indústrias e setores, na Huawei registámos um crescimento de 40%, no 1º semestre de 2021 em comparação com o período homólogo de 2020”, lembra Shen Yun.

A Huawei acaba de lançar no mercado português um novo modelo de notebook, o Huawei Matebook 13  e prevê colocar à venda mais dois PCs este ano, um novo modelo e um update de um portátil que foi lançado no ano passado, mas com funcionalidades atualizadas.

Em 2022 a marca está a preparar a entrada em dois novos segmentos, com um portátil de gaming e um novo modelo all in one, um  design que se tem tornado popular nos equipamentos de secretária e que é semelhante ao iMac da Apple. "Para o próximo ano, temos já previsto o lançamento de um PC direcionado para o setor gaming, também um novo modelo 2-em-1 e é ainda expectável que seja laçado um Al-in-one", explicou ao SAPO TEK.

A estratégia de diversificação passa também pelos monitores e a Huawei anunciou o MateView e MateView GT que chegam ainda este mês às lojas.

Para já a Huawei vai avançar com uma campanha de Regresso às Aulas focada em PCs, principalmente, na gama Matebook D. “Acreditamos que são portáteis preparados para responder às necessidades dos estudantes de hoje”, explica o gestor da Huawei, dizendo que “estes portáteis, com preços competitivos entre os 650€ e os 770€, são adequados quer para os estudantes dos primeiros anos quer para os universitários, uma vez que apresentam funcionalidades, design e construção digna das opções de topo de gama, mas a um preço mais em conta”.

A estratégia da Huawei passa por criar uma sinergia de dispositivos e serviços, através dos Huawei Mobile Services (HMS), permitindo uma experiência diferenciadora.  “O nosso foco no futuro vai continuar a ser o desenvolvimento de uma experiência de utilização num cenário integrado que permita desenvolver um estilo de vida mais inteligente em todos os momentos da vida dos consumidores, quaisquer que sejam os equipamentos que estão a ser utilizados”, reforça o country manager da Huawei CBG em Portugal.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.