A primeira impressora 3D portuguesa chega ao mercado com a designação Beethefirst e a partir de setembro já pode ser adquirida. O preço final ainda não foi revelado, mas Francisco Mendes, um dos sócios fundadores do projeto, garantiu ao TeK que ficará abaixo dos dois mil euros.



Numa primeira fase o mercado europeu é o principal objetivo de Jorge Pinto e Francisco Mendes, que limitarão a venda do produto à região. Numa fase posterior a ideia é estender a comercialização a outros mercados.



Os empresários não arriscam projeções de vendas, mas garantem que a aposta na impressão 3D para desktop é forte e passou a canalizar todos os esforços da empresa, que ao longo do último ano e meio se preparou para lançar um negócio com ambições globais. A suportar esta forte aposta na impressão 3D está uma equipa de 16 pessoas, mais 14 que há um ano.



A Beethefirst é o primeiro resultado deste novo posicionamento. A impressora criada pelos dois engenheiros portugueses utiliza um polímero feito à base de milho (PLA) que, face a outros materiais usados para o mesmo fim, requer menos energia e tem a vantagem de ser renovável.



A equipa garante que os objetos impressos através desta máquina são "leves mas muito resistentes". Os modelos de objetos para impressão podem ser criados pelo utilizador, através das várias aplicações 3D disponíveis no mercado, ou descarregados do site da empresa, que a partir de agosto disponibilizará alguns exemplos.



Uma impressora deste tipo pode ser um instrumento importante para acelerar o desenvolvimento de novos produtos, tornando acessível a prototipagem, que tradicionalmente estava disponível só para a produção industrial.



A Beeverycreative já foi BitBox, uma startup fundada em 2011 na incubadora da Universidade de Aveiro. Nasceu com o objetivo de desenvolver eletrónica à medida e ao longo do tempo foi tentado perceber como posicionar a ideia, até chegar à área da impressão 3D para desktop que agora identificou como prioritária. Já vinha trabalhando na área do 3D, onde desenvolveu e comercializou o controlador de impressão 3D R2C2.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Cristina A. Ferreira

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.