A Intel
anunciou o lançamento de uma nova geração de processadores que introduz novidades na generalidade das suas linhas de produto para o segmento portátil. Os novos processadores de baixa voltagem (ULV- ultra low-voltage) representam o esforço da marca para ajudar o mercado de ultra-portáteis a descolar, assume a empresa.



A Intel explica que, embora este seja um segmento de sucesso, antevia um crescimento maior para as vendas deste tipo de portáteis e defende que se ele não aconteceu foi porque os ultra-portáteis não conseguem competir com um portátil normal, em termos de performance ou autonomia da bateria, por exemplo. Os seus novos processadores de 32 nanómetros pretendem reforçar estes atributos nas linhas Core (i3, i5 e i7), Pentium e Celeron.



Cerca de 40 novos modelos de portáteis suportados nos novos chips estão já a ser fabricados por marcas como a Acer, Asus, Gateway ou MSI, revelou a Intel, que adiantou ainda a data dos primeiros lançamentos, já para o próximo mês.



Os novos processadores integram um "pacote" com um tamanho 32 por cento abaixo do normal e melhoram a performance em 35 a 40 por cento, face aos processadores - da fabricante - habitualmente usados nos ultra-portáteis, para além de consumirem 15 por cento menos energia, assegura a empresa.



Core i3-330UM, i5-430UM, i5-540UM, Core i7-660UM, Pentium U5400 e Celeron U3400 são as designações dos novos chips.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.