A Intel anuncia hoje uma nova ferramenta de desenvolvimento criada com o objectivo de facilitar o trabalho dos programadores que procuram tirar o melhor partido dos sistemas multicore, em aplicações já existentes.



O Intel Threading Building Blocks permite racionalizar o uso da capacidade de processamento adicional dos multicore, funcionando como uma "extensão da linguagem de programação C++ usada para facilitar o processo de escrita de rotinas paralelas numa mesma aplicação", escreve a C|Net citando James Reinders, director de marketing da divisão de desenvolvimento de produtos da Intel.



Com esta ferramenta é simplificada a capacidade de processamento paralelo em aplicações já existentes e potenciada a capacidade adicional de processamento, oferecida pelos multicore, também mais eficazes em termos de poupança energética.



O mesmo responsável explica a utilidade desta ferramenta alegando que as aplicações multicore à partida já oferecem um incremento de performance, mas acrescenta que os ganhos podem ser ainda mais relevantes se os programadores conseguirem escrever aplicações organizando tarefas separadas que possam ser feitas em paralelo.



No mesmo dia, a fabricante anuncia o lançamento da nova linha de processadores Core 2 Duo para notebooks.



A T-Series, desenvolvida sob o nome de código Merom, é mais uma resultado da Intel Core Microarchitecture com um BUS frontal de 667MHz e uma velocidade de relógio de 2.33 GHz.



Os novos processadores dispõem ainda de uma memória cache de 4 e 2MB (consoante os modelos). Os preços variam entre os 209 e os 637 dólares.



A Intel pretende acabar o ano com 70 por cento dos chips fabricados a utilizarem já tecnologia multicore.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.