O jogo de cartas colecionáveis, Legends of Runeterra, baseado no universo de League of Legends, está a ser aguardado com muita antecipação, sobretudo devido ao elogio da sua qualidade por quem já o experimentou, apontando-o como sério adversário a Hearthstone da Blizzard. Depois de duas fases em beta fechada, cujas coleções e progresso foram eliminados, a beta aberta será o derradeiro ensaio para o seu lançamento, e os jogadores que participarem manterão os seus conteúdos.

E por isso mesmo a Riot Games vai introduzir finalmente o modo Ranked, a versão competitiva “a valer” do jogo. Haverá também a opção de adicionar e desafiar amigos, assim como mais opções de personalização dos tabuleiros e dos guardiões, refere a empresa em comunicado. Utilizando a mesma aplicação de jogos da Riot, a lista de amigos será partilhada entre League of Legends e Teamfight Tactics.

O jogo de cartas colecionáveis, assente no modelo de negócio free-to-play, semelhante a League of Legends, arranca com a open beta no PC no próximo dia 24 de janeiro, a partir das 19 horas. Quem participou nas duas anteriores betas ou façam pré-registo no PC até ao dia 20 de janeiro terão acesso ao jogo um dia antes, a 23 de janeiro. Poderá registar-se no seu website oficial.

Ainda relativamente a conteúdos, a beta aberta vai adicionar três novos guardiões e seis novos tabuleiros de jogo. Há ainda atualizações a mais de 20 cartas, baseado no feedback que a Riot recolheu dos jogadores que participaram nas anteriores fases beta. É referido que a carta Anivia foi substancialmente modificada.

League of Legends: Riot Games celebra o 10º aniversário do jogo com muitas novidades e surpresas
League of Legends: Riot Games celebra o 10º aniversário do jogo com muitas novidades e surpresas
Ver artigo

De considerar que Legends of Runeterra, que terá um lançamento no PC e smartphones no final do ano, suporta partidas crossplay entre as duas plataformas. Para além de manterem o conteúdo desbloqueado, os jogadores que participarem nesta fase (apenas disponível no PC) vão ainda receber o guardião exclusivo Moonstruck Poro Guardian no dia de lançamento do jogo. Os guardiões funcionam no fundo como simpáticas mascotes do jogador, que estando presentes no tabuleiro reagem com as jogadas.

A introdução do sistema de ranking torna este Legends of Runeterra mais um jogo apetecível aos Esports, visto que terá um sistema de divisões semelhante a League of Legends. São sete as divisões, arrancando em Iron até Master. A Riot avança que a primeira temporada tem início na mesma data de lançamento da beta aberta, durando até à saída final do jogo.

A partir daí, cada temporada dura durante cerca de dois meses, sendo acompanhado por um novo conjunto de cartas. A Riot promete continuar a afinar e balancear as cartas após o lançamento da beta aberta, com lançamentos mensais de atualizações para o jogo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.