A Microsoft conseguiu, por via dos tribunais holandeses, impedir a Lindows.com de comercializar os seus produtos nos Países Baixos. Tal como num processo que ainda decorre nos Estados unidos, a Microsoft alega que os nomes "Lindows", "Lindows.com" e/ou "LindowsOS", violam os seus direitos ao abrigo da marca registada Windows.



De acordo com a decisão do tribunal, a Lindows e os seus revendedores terão um prazo de oito dias para retirar os tais produtos do mercado, e desinstalá-los das máquinas onde os mesmos possam já ter sido colocados, refere a eWeek.



Contudo, e como era de esperar, o CEO da Lindows.com confirmou já o seu apoio ao revendedor Holandês, afirmando que vai recorrer da decisão. Numa carta aberta este declarou que "a Microsoft está a utilizar todas as suas armas, que incluem centenas de advogados e milhares de dólares como bateria para destruir qualquer companhia que promova o Linux. Eles foram mal sucedidos no mercado norte-americano, e agora estão a dedicar-se aos pequenos países onde encontram tribunais complacentes com os seus ideais". Recorde-se que nos Estados Unidos os tribunais não foram favoráveis à Microsoft, e permitiram que a Lindows continuasse a vender os seus produtos, utilizando os mesmos nomes.



Uma decisão semelhante à do tribunal holandês foi tomada ainda em Dezembro na Suécia, onde os revendedores da Lindows foram igualmente alvo de processos judiciais por parte da Microsoft.


Notícias relacionadas:

2003-12-12 - Tribunal sueco suspende comercialização de produtos Lindows a pedido da Microsoft

2002-05-17 - Juiz rejeita pedido da Microsoft para impedir utilização do nome Lindows.com

2002-01-15 - Lindows.com contra-ataca processo instaurado pela Microsoft com uma moção judicial

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.