Um acordo assinado entre a Portugal Telecom, através da sua empresa participada na Namíbia, e o Governo daquele país vai fazer chegar a África um projecto com contornos idênticos ao e-Escolas português, associado ao computador Magalhães.

Numa entrevista conjunta à Lusa, o presidente da PT e o Primeiro-ministro da Namíbia revelaram que o projecto ConnectED vai permitir levar para o país mil portáteis Magalhães, que serão distribuídos por outras tantas escolas do país.

O acordo tem como objectivo massificar a banda larga no país e generalizar o uso das TIC. Além da introdução do Magalhães nas escolas, a iniciativa também compreende a disponibilização de computadores e acesso à Internet a preços especiais. Os computadores subsidiados vão estar disponíveis para os 25 mil alunos do ensino superior existentes no país.

Nahas Angula, Primeiro-ministro da Namíbia, revelou que a longo prazo o objectivo é levar o programa a meio milhão de crianças em idade escolar.

Zeinal Bava, presidente da PT, que na Namíbia tem participação no operador móvel MTC, confirmou que a empresa tem intenção de levar o programa a outros países africanos. O Botswana é uma das hipóteses.

Para assegurar o desenvolvimento do ConnectED na Namíbia a MTC vai investir cerca de 860 mil euros.
A operadora conta actualmente com 1 milhão de clientes, 20 mil na banda larga móvel.

Notícias Relacionadas:
2006-12-12 - Serviços móveis 3G e HSDPA chegam à Namíbia pela mão da PT

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.