Um relatório resultante da análise às causas do acidente de avião que há cerca de dois anos vitimou mortalmente 154 pessoas em Espanha, mostra que a existência de malware nos sistemas da Spanair poderá ter estado na origem do acidente.


Segundo as informações, avançadas em primeira mão pelo El País na última sexta-feira e hoje amplamente divulgadas na imprensa internacional, o computador central da Spanair, onde eram anotadas as avarias das aeronaves, estava infectado com um cavalo de tróia, programa informático geralmente usado para recolher senhas ou outra informação do PC atacado, e para abrir portas que permitem ataques externos.


Este problema terá impedido que o sistema desencadeasse um aviso, na sequência de três problemas técnicos semelhantes, que aconteceram, mas não foram reportados à sede da empresa em tempo útil.


Terá sido a existência de malware a impedir o correcto funcionamento dos sistemas informáticos e a impedir os mecânicos de registarem no sistema de avarias as três falhas registadas com o avião. Duas falhas registadas no dia antes da viagem que resultou no acidente e uma já no próprio dia.


Estes mecânicos relataram agora em tribunal que os computadores para onde deveriam ter feito esse reporte não estavam a funcionar correctamente e não exibiam imagem no ecrã. Sabe-se também agora que esta informação já tinha ficado registada nos relatórios da companhia aérea e que foi entretanto solicitada para o processo, pela família das vítimas.



A Comisión de Investigación de Accidentes e Incidentes de Aviación Civil que estudou e apurou as causas do acidente conclui que este se deveu ao esquecimento por parte dos pilotos de activar flaps e slaps, umas peças localizadas nas asas que ajudam o avião na manobra de descolagem.


Normalmente perante um esquecimento deste tipo, o sistema emite um alerta sonoro avisando os pilotos. No dia do acidente o aviso sonoro não soou, falha que será agora investigada para perceber uma eventual relação com o facto dos sistemas da companhia estarem infectados com malware.



Nota de Redacção: Foi corrigida uma gralha, tal como apontado por um dos nossos atentos leitores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.