O Blue Gene/L da IBM encabeça a mais recente lista dos 500 computadores mais poderosos do mundo, divulgada hoje. A máquina usada no Lawrence Livermore National Laboratory (LLNL) para investigação na área nuclear é agora capaz de realizar 280,6 biliões de cálculos por segundo (teraflops), valores que mais do que duplicam a capacidade registada em Junho (136,8 teraflops), quando ainda se apresentava como protótipo.



Os investigadores consideram ser provável que o Blue Gene/L mantenha por algum tempo esta posição cimeira na lista dos maiores supercomputadores.
"Esta é a velocidade máxima requerida pelo contrato que assinámos (...), mas se o Livermore estiver interessado pode ser ainda mais rápido", afirmou Dave Turek, vice-presidente da área de supercomputação na IBM.



O Blue Gene/L não é o único computador IBM na lista dos "500 mais poderosos" que a cada seis meses o grupo independente de estudantes universitários da área das ciências informáticas Top 500 organiza. A Big Blue construiu 43,8 por cento de todos os sistemas constantes da lista e, com um Blue Gene capaz de 91,2 teraflops, instalado no Thomas Watson Research Center, e um outro computador existente no LLNL, capaz de 63,4 teraflops, consegue arrecadar os restantes lugares cimeiros.



A Hewlett-Packard é a fabricante que a seguir à IBM mais computadores consegue colocar no Top 500 (33,8%), quando mais nenhuma fabricante consegue ter uma representatividade superior a sete por cento em nenhuma categoria.



No que diz respeito às fabricantes de processadores, os produtos da Intel foram usados num total de 333 sistemas, com 81 a preferirem a tecnologia EM64T da empresa. A IBM classificou-se na segunda posição, colocando os seus processadores Power em 73 sistemas, enquanto os chips AMD foram usados em 55 sistemas.



A maioria dos sistemas listados está instalada nos Estados Unidos (305), quando a Europa possui 100 super máquinas e a Ásia 66.



O famoso Earth Simulator, instalado no Japão, que liderou cinco listas antes de ser destronado pelo protótipo do Blue Gene/L, está agora na sétima posição.


Notícias Relacionadas:

2005-06-23 - Dois terços dos computadores mais potentes do mundo correm Intel

2004-06-23 - IBM recupera posição no Top 500 dos supercomputadores mais rápidos do mundo

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.