O apoio da Microsoft aos programas geridos pela Fundação para as Comunicações Móveis (FCM) já se saldou numa transferência de 1,8 milhões de dólares (cerca de 1,3 milhões de euros). Mais um milhão de dólares estará já em pré-aprovação para transferência.

Os números foram hoje avançados à Comissão Eventual de inquérito à FCM por Nuno Duarte, que dirigiu a subsidiária portuguesa da Microsoft até meados do ano passado.

O ex-director geral da Microsoft Portugal confirmou aos deputados que o contrato assinado previa a transferência de um valor máximo de 10,4 milhões de dólares (cerca de 7,7 milhões de euros), destinados a desenvolver a literacia digital, escreve a Lusa.

Nuno Duarte foi ouvido esta tarde no âmbito da comissão que tem vindo a inquirir uma série de personalidades ligadas aos programas e-escolas e e-escolinhas. A Microsoft é um dos parceiros dos dois programas, tendo fornecido software para integrar os equipamentos distribuídos aos alunos e professores do ensino básico e secundário.

O número hoje avançado por Nuno Duarte bate certo com os dados fornecidos por Mário Franco, presidente da FCM, aquando da sua audição no parlamento.

Esta semana serão ainda ouvidos na comissão Luis Cabrita, director geral da Prológica/Youtsu e Jorge Couto, presidente do conselho de administração da J.P. Sá Couto.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.