A Microsoft está em conversações com os principais fabricantes de equipamentos para oferecer descontos na compra da nova versão do seu sistema operativo, o Windows Vista. A medida pretende minimizar os impactos dos atrasos no lançamento do upgrade cuja comercialização esteve prevista para antes do Natal, mas acabou por ser remetida para Janeiro. Os fabricantes estão preocupados e as primeiras estimativas de quebras nas vendas de PCs durante o período estão a inundar o mercado.




De acordo com as previsões dos analistas e das próprias fabricantes o lançamento em Janeiro do Windows Vista para desktop adiará muitas decisões de compra e poderá prejudicar o mercado em 4 mil milhões de dólares não facturados, estima o Gartner Group. Recorde-se que apenas as empresas deverão garantir acesso à suite ainda este ano, mais precisamente em Outubro, data definida no roadmap da Microsoft.




A existência de negociações com os fabricantes foi confirmada por Kevin Kutz, director do Windows, que não avançou grandes pormenores. Sabe-se no entanto que o mais provável é que os referidos descontos cheguem ao consumidor na compra de equipamentos informáticos ao longo deste ano, através de cupões que posteriormente permitam a troca do sistema operativo para a nova versão. Alex Huang, director da Microsoft na Formosa, também adianta: "vamos encorajar os nossos parceiros a fornecerem incentivos para promover as vendas". A mesma fonte acrescenta que "cada parceiro terá a sua estratégia".




Tim Li, CFO da Quanta Computer, fabricante de PCs para as marcas Dell, HP e Lenovo adianta que o modelo final do sistema de descontos pensado pela Microsoft pode incluir upgrades totalmente gratuitos para os modelos mais caros.




De acordo com a Bloomberg, qu avança a notícia, não há para já uma decisão final sobe o modelo a aplicar mas a pressão aumenta junto da gigante do software. Grandes retalhistas como a Amazon estão a pressionar a empresa de Bill Gates relativamente à fixação de uma data para o lançamento do upgrade e à definição de uma forma e altura para compensar os clientes pelo atraso.




Recorde-se que o Windows controla cerca de 95 por cento do mercado o que torna uma nova versão do software um facto incontornável na evolução de receitas do sector.



Notícias Relacionadas:

2006-06-08 - Beta do Windows Vista disponível para os consumidores

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.