No leque de falhas a corrigir duas são críticas e outras sete foram classificadas pela empresa como importantes. São afetados pelos problemas a corrigir vários produtos da empresa, como o Windows, o Office ou o Internet Explorer.



No que se refere às falhas críticas, o nível mais alto de classificação na escala de perigo da Microsoft, ambas afetam o Windows e uma delas afeta também o Internet Explorer. A falha que afeta o Internet Explorer está patente em todas as versões do browser, incluindo a nova versão 10.



No caso da falha crítica que afeta o Windows, o problema visa a maioria das versões do sistema operativo, com exceção para as versões mais recentes, como o Windows 8, o versão 2012 do Server ou o Windows RT.

Em março o Patch Tuesday corrigiu sete falhas, das quais quatro eram críticas. No leque de falhas corrigidas pela Microsoft estavam vulnerabilidades no Windows, no Internet Explorer e no Silverlight.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.