A Microsoft revelou que o suporte oficial ao Windows 8 termina a 17 de outubro de 2015, exatamente dois anos depois de ter sido disponibilizada a atualização Windows 8.1. Apesar de o suporte estar inicialmente previsto até 2023, a tecnológica diz que só gozará deste período de tempo quem migrar para o Windows 8.1 nos próximos dois anos.

Ou seja, se nos próximos 24 meses algum utilizador com Windows 8 não migrar para a nova versão do sistema operativo, vai ficar exposto a falhas de segurança e a novas técnicas de pirataria informática. Mas como apontaram alguns leitores do TeK, a prática é comum na Microsoft e já era usada nos mesmos termos com os Service Packs.

Tendo em conta que a versão Windows 8.1 é gratuita para todas as pessoas que tenham o Windows 8, não é compreensível porque razão os utilizadores não fariam essa migração. Há mais personalização, mais integração com a cloud, com o Bing e até há o regresso do botão de Início.

Mas também é preciso ter em conta que isto muda os planos iniciais da Microsoft relativamente ao Windows 8, o que parece confirmar a ideia de que o lançamento foi apressado e o produto final que chegou ao mercado não estaria de todo "completo".

O Windows 8.1 tem suporte oficial garantido até 2023, segundo indicações da tecnológica de Redmond.

A informação aparece numa altura em que faltam poucos meses para o fim do suporte oficial do Windows XP.

Nota de redação: acrescentada informação sobre a estratégia da Microsoft nos programas de atualização dos software e serviços


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.