Ao longo do último mês o robot Opportunity já reiniciou doze vezes. Quem o diz é a Agência Espacial norte-americana, que também revela que este tipo de problemas é cada vez mais recorrente no equipamento. Para tentar resolver a situação a NASA vai formatar a memória flash do rover.



A verdade é que a missão do veículo já está a durar mais do que o esperado, mas os apagões estão a condicionar as explorações do Opportunity – cada apagão obriga a uma recuperação de um ou dois dias.



Com a formatação que a NASA está a preparar, os investigadores vão conseguir identificar quais as células do armazenamento que estão danificadas, podendo evitar a gravação de dados nas mesmas. A agência espacial explica que a memória flash do Opportunity é semelhante à que é usada para guardar fotografias nos telemóveis ou em câmaras fotográficas.



O processo de formatação é classificado como de baixo risco, já que os sistemas críticos do rover, como o do software de voo, estão alojados noutros sistemas de memória.



Os investigadores vão em primeiro lugar fazer uma recuperação dos dados armazenados na unidade de memória e vão depois fazer a reinstalação de software a uma baixa velocidade para que não se registem problemas durante a instalação.



Em comunicado a NASA apenas revela que a formatação vai ser feita no início de setembro.



Vale ainda a pena recordar que o Opportunity é atualmente o veículo com mais distância percorrida fora do planeta Terra, sendo que a NASA tem ambições para que o robot explorador consiga percorrer uma maratona – isto é, 42 quilómetros em solo marciano.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.