A estimativa da Nintendo seria de 10 milhões de unidades produzidas até abril de 2018, no entanto, em comunicado, a empresa japonesa refere que essa fasquia já foi alcançada.

O comunicado refere que as 10 milhões de unidades dizem respeito, não a unidades enviadas para as lojas, mas sim a vendas para os consumidores.

O presidente da Nintendo of Europe, Satoru Shibata, afirmou que "estamos muito felizes por fãs de toda a Europa e do resto do mundo estarem a apreciar as experiências de jogo que só a Nintendo Switch pode proporcionar, seja as mais recentes aventuras com o Super Mario e Link, ou jogos únicos como 1-2-Switch, em que os jogadores olham um para o outro e não para o ecrã".

Recorde-se que, apenas duas semanas após a Switch ter chegado ao mercado, e depois de ter batido recordes de vendas só nas suas primeiras 48 horas, o The Wall Street Journal garantia que a Nintendo estava pronta a aumentar para 16 milhões o número de unidades produzidas durante o seu ano fiscal.

Depois, entre outros rumores, o Financial Times afirmava que a fabricante tinha decidido aumentar ainda mais o volume de produção da consola e que o objetivo seria produzir 18 milhões de unidades até abril de 2018.

As vendas da Nintendo Switch fizeram crescer a previsão de lucro anual da empresa, de 6,59 mil milhões de dólares para 8,44 mil milhões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.