A Sony anunciou ontem em conferência de imprensa a sua primeira gama de PCs portáteis exclusivamente dirigida aos utilizadores empresariais em Portugal. Com o lema "flexibilidade", a Série Vaio BX responde às exigências dos utilizadores, que podem optar por ecrãs XGA de 14,1, 15 ou 15,4 polegadas. O topo de gama desta linha, o VGN-BX197XP, tem um ecrã Wide UltraXGA, de 17 polegadas, e vem equipado com um Pentium M 760 a 2GHz.

"Esta é a oferta empresarial VAIO mais abrangente e personifica a nossa determinação em proporcionar aos profissionais valores de qualidade e design", disse Manuel Sá, responsável do departamento de tecnologias da informação da Sony.

Entre as opções de armazenamento disponíveis contam-se o disco rígido que vai de 80 aos 160 GB, mas como funcionalidades básicas estão garantidas as unidades de DVD±RW Double Layer, ligações de rede sem fios de alta velocidade, um Multi Function Docking Station, sensor de reconhecimento de impressões digitais e circuito de segurança Trusted Platform Module, que impede os acessos não autorizados. As portas i.LINK e USB passaram a localizar-se na lateral e não na parte de trás.

Para além da Série BX, a Sony adicionou ainda às linhas Vaio já comercializadas em Portugal a Série FJ, direccionada a uma gama mais vasta de utilizadores, disponível ao P.V.P. de 1.299 euros. Com 2,2 quilos de peso esta série tem instalada uma câmara digital, em conjunto com a ligação de rede sem fios de alta velocidade, disponibilizada pela tecnologia Centrino, da Intel, abrindo portas às comunicações de nova geração.

De acordo com Manuel Sá, "a Série FJ representa a democratização dos sistemas VAIO. Quisemos disponibilizar os valores da VAIO, a uma audiência mais vasta, mas sem comprometer a qualidade".

Resultado de uma conjugação entre a Gama T e a X, a nova TX-Series está disponível em três cores, e foi "criada para as pessoas que apreciam as coisas mais perfeitas que a vida tem para oferecer". A caixa do portátil é formada por fibra de carbono, um material mais leve e forte, o ecrã é baseado na tecnologia LED e dispõe da tecnologia X-black LCD, que aumenta a qualidade das imagens. Cada sistema tem um processador Intel Pentium M, de voltagem ultra-baixa (ULV), com autonomia de sete horas e meia.

O conjunto de controlos posicionados acima do teclado converte os portáteis da Série TX em leitores AV portáteis. Ou seja, com um simples toque é possível activar, controlar e ejectar os CDs ou DVDs. Todos os modelos têm um disco rígido de 60 GB e o subsistema gráfico está integrado no chipset da placa principal Intel 915GMS. As características adicionais incluem a ligação em rede sem fios de alta velocidade, Bluetooth 2.0 e uma ranhura de memória flash Memory Stick.

Concorrente do iPod

Denominado simplesmente como Walkman, o novo leitor de música digital da Sony vai ser vendido em Portugal a partir do mês de Novembro e está artilhado para responder ao desafio colocado no mercado pelo iPod da Apple. "Estamos a elevar a nossa fasquia com o novo Walkman. Este produto será atractivo para aqueles que se preocupam com o estilo e com a facilidade de utilização e pelas funções incluídas", referiu Pedro Gândara, do departamento áudio portátil.

O aparelho inclui a função 'Artist Link', que procura cada artista, álbum ou canção armazenada. Disponível em 20 GB (NW-A3000) e 6 GB (NW-A1000), tem funções de reprodução aleatória através do 'My Favorite Shuffle', que selecciona as 100 canções mais escutadas e reprodu-las. Já a função 'Time Machine Shuffle' selecciona um ano e reproduz todas das canções daquela época desde que estejam guardadas no aparelho.

O Walkman de 20 GB, estará disponível nas cores, violeta e prata, enquanto a unidade de 6 GB oferece as cores adicionais de rosa e azul. Paralelamente serão lançados dispositivos adicionais como auriculares, com um telecomando e estojos de transporte. O produto apresenta funções de reprodução ATRAC3plus (tecnologia de compressão áudio da Sony que oferece uma melhor qualidade de som) e MP3 e vem com o novo "CONNECT Player", de acesso directo ao serviço de música online com mais de um milhão de faixas e álbuns disponíveis para download.

O Walkman Bean é um novo leitor MP3, baseado em memória flash. Este oferece uma ficha USB que pode ser inserida num PC para transferir músicas. O Walkman Bean tem reprodução até 50 horas e uma elevada capacidade de carga que proporciona ao utilizador uma audição de 3 horas com um carregamento de apenas 3 minutos.

Notícias Relacionadas:

2005-09-09 - Sony revela linha de leitores de música portáteis com ligação a loja de música

2005-07-18 - Nova linha de leitores de música da Sony abala posição da Apple no Japão

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.