Além do novo e poderoso computador Mac Studio, apresentado esta terça-feira, a Apple revelou o novo monitor, o Mac Studio Display. O monitor apresenta um ecrã de 27 polegadas com uma resolução 5K baseado em tecnologia Retina Display. O monitor tem diversas características de nova geração, incluindo um processador interno, o A13, que é o mesmo que está equipado no iPad.

O monitor pode ser utilizado em diversos equipamentos da Apple da família Mac, mas também alguns iPads. A fabricante de Cupertino esclareceu ainda ao The Verge que os monitores são compatíveis com computadores baseados em Windows. Os utilizadores podem usar o Mac Studio Display como um monitor normal, embora a Apple saliente que algumas das suas funcionalidades únicas e outras específicas de ambiente Mac não vão funcionar. O Windows não vai tirar proveito do seu processador interno, por exemplo.

A sua webcam interna e os seus poderosos altifalantes estarão totalmente funcionais no PC. A Apple esclarece que mesmo que todas as funcionalidades destes periféricos que sejam específicos de compatibilidade com o Mac, não vai haver problemas em usar a webcam de 12 MP como um periférico equivalente ligado por USB.

Veja na galeria imagens do monitor

Já funcionalidades como o Center Stage, Som Spatial e a interação direta com o assistente inteligente Siri não vão funcionar em computadores com Windows, uma vez que são geridos pelo seu processador interno A13. A fabricante também esclareceu que o uso da sua resolução máxima também dependerá das especificações dos computadores. Isto porque nem todos os PCs terão a possibilidade de transmitir sinal de 5K a 60 Hz via Thunderbolt ou USB-C.

De recordar que o ecrã Mac Studio Display tem três portas USB-C e uma Thunderbolt, garantindo uma ligação ao Mac através de um cabo alimentado por 96 W. E pode dessa forma ligar até três monitores a um portátil da Apple.

Quanto aos preços do monitor, estes variam mediante as opções pretendidas. A versão standard apresenta um ecrã com um vidro padrão, que a Apple diz reduzir os reflexos. Neste caso custa 1.799 euros optando pelo suporte para ajuste de inclinação. O mesmo preço para a opção de um adaptador de montagem VESA. A opção do suporte para ajuste de inclinação e altura o monitor custa 2.259 euros para o mesmo tipo de vidro.

A segunda opção de ecrã é um vidro nanotextura, capaz de dispersar a luz para minimizar ainda mais os reflexos, melhorando a imagem, diz a Apple, em locais com maior dificuldade de iluminação. O seu valor é de 2.049 euros para o suporte básico e VESA. Se optar pela opção de suporte com ajuste de inclinação e altura custa 2.509 euros.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.