A Acer, o quarto maior fabricante de computadores pessoais a nível mundial, afasta a ideia de que a Microsoft possa vir a ser um concorrente de peso no mercado dos tablets, liderado pela Apple, e apela ao seu parceiro de software para que se dedique ao novo sistema operativo, Windows 8.

Ouvido pela Reuters Oliver Ahrens, vice presidente da Acer, afirma mesmo que a empresa de Redmond, Seattle, está a tentar copiar parte da estratégia da Apple e mostra-se pouco confiante de que esta possa ser bem-sucedida. A Microsoft "não pode ser um ator no mercado de hardware com apenas dois produtos", defende.

Além disso, a Acer mostra-se apreensiva com a possibilidade de o lançamento do Surface poder vir a obrigar a empresa de Seattle a dedicar menos recursos à nova versão do sistema operativo Windows 8.

Ainda segundo a Reuters, a fabricante também sublinha que a gigante de software terá mantido os fabricantes de computadores pessoais o menos informados possível acerca do Surface, uma estratégia que não é usada pela empresa no seu mercado tradicional de software.

Esta não é a primeira reacção negativa à entrada da Microsoft no mercado de hardware. Na semana passada a LG comunicou que se vai retirar do mercado de tablets, focando-se nos smartphones.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Tiago Valente

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.