Para muitos hoje, 28 de março, é a data que vai marcar uma nova etapa tecnológica: é o verdadeiro início da realidade virtual como sistema de entretenimento do futuro. E isto acontece pois os Oculus Rift, equipamento pioneiro nesta vaga, começam a chegar às mãos dos primeiros compradores.

O período de pré-venda arrancou no início de março e deixou de fora os consumidores portugueses. No mercado europeu os Oculus Rift custam 699 euros.

Apesar da subsidiária do Facebook não falar em números de unidades vendidas, parece haver um indicador de sucesso relativo aos Oculus Rift: os que agora fizerem a reserva dos óculos só vão receber a encomenda em julho.

Para celebrar a chegada dos Oculus Rift às mãos dos consumidores o diretor executivo da Oculus VR, Palmer Luckey, decidiu ser ele próprio a fazer a primeira entrega de todas.

“Ficaria danado se um estafeta qualquer entregasse os primeiros Rift”, comentou ao Polygon, numa alusão ao trabalho e à dedicação que teve no desenvolvimento do projeto. Por isso foi até ao Alaska, onde estava a primeira pessoa a reservar os óculos de realidade virtual, e entregou-os em mãos. A edição pode ser considerada como ‘especial’ pois foi autografada pelas principais caras da tecnológica:

O arranque dos Rift vai em breve ter a companhia dos HTC Vive. Mais tarde, em outubro, é a vez dos PlayStation VR chegarem às mãos dos consumidores.

A realidade virtual tenta assim afirmar-se como um dos segmentos de entretenimento do futuro: estão em produção filmes, documentários, experiências imersivas e sobretudo videojogos. A realidade virtual foi também um dos temas em destaque no Mobile World Congress.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.