A versão final da aplicação web-based para ambientes empresariais, que inclui as ferramentas necessárias para a criação de um site, contas de email e outras ferramentas de gestão já está disponível nos Estados Unidos.



O Office Live, que estava disponível em versão beta há nove meses, existe em três edições diferentes: Basics (gratuito), Microsoft Office Live Essentials (mensalidade de 20 dólares) e o Microsoft Office Live Premium, que tem um custo associado de 40 dólares por mês.



A Microsoft anunciou no lançamento do produto que os computadores portáteis fabricados pela Sony e pela Toshiba irão incluir um ícone no desktop que ligará directamente os utilizadores ao ambiente Office Live.
Por enquanto a versão final está apenas disponível para os utilizadores norte-americanos embora já esteja disponível uma versão de testes do Office Live na França, Alemanha, Reino Unido e Japão.



Esta plataforma é a resposta da Microsoft às ofertas às empresas concorrentes que já há algum tempo oferecem ferramentas semelhantes online - o Office Live AdManager irá dividir mercado com o Adwords da Google.



A mudança para aplicações e serviços web-based é uma das apostas mais importantes da Microsoft desta década, referiu Steve Balmer, sucessor de Bill Gates, durante a última reunião de accionistas da empresa onde mostrou entusiasmo nas expectativas da empresas para o futuro, escreveu a C|net.

Notícias Relacionadas:

2006-11-02 - Windows Vista e Office 2007 chegam ao mercado empresarial no final de Novembro

2005-11-02 - Windows Live e Office Live transformam serviços Web da Microsoft

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.