O matemático Alan Mathison Turing, considerado pai do computador e da inteligência artificial, assinalaria em 2012, se fosse vivo o centésimo aniversário. O trabalho do inglês é extenso, tendo deixado um legado que percorre áreas desde a matemática às ciências da computação, passando pela criptografia militar, inteligência artificial e pela biologia matemática.

Alan Turing foi mesmo um dos principais precursores na área da computação ao formalizar os conceitos de "algoritmo" e "computação" através da Máquina de Turing, um dispositivo cuja lógica é ainda hoje utilizada na explicação do funcionamento das unidades de processamento (CPU) num computador.

O britânico trabalhou para a divisão de criptografia do governo britânico, o secretíssimo grupo de Bletchley Park, tendo chefiado o departamento Hut 8, responsável pela criptanálise naval dos alemães.

Entre as técnicas de descodificação que elaborou destacam-se aquelas que permitiram "ler" as mensagens secretas alemãs codificadas segundo a encriptação Enigma e cuja decifração foi fulcral para os aliados no desfecho da segunda Guerra Mundial.
Depois trabalhou no Laboratório de Física de Inglaterra, onde projetou o ACE (Automatic Computing Engine), um dispositivo que correspondia a um computador em estado primário, e onde demonstrou os limites da computação mecânica.

A efeméride é comemorada pela BBC com uma série de palestras e seminários em King´s College, Cambridge, onde Turing estudou, e uma exposição patente no Manchester Museum até 18 de Novembro mostra documentos inéditos da investigação do matemático britânico.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Tiago Valente

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.