A PlayStation 5 é um projeto que se vai concretizar dentro de alguns meses. A confirmação já foi dada pela própria Sony que, entretanto, aproveitou também para revelar algumas características da consola. Por esta altura, sabe-se que a máquina vai contar com um novo disco SSD, que foi desenvolvido especificamente para a PS5, e que permitirá uma leitura de dados 19 vezes mais rápida do que a da PlayStation 4. Na prática, isto faz com que os loadings passem a ser praticamente inexistentes.

PlayStation 5 será lançada em 2020. PlayStation 4 chegará aos 100 milhões no próximo trimestre
PlayStation 5 será lançada em 2020. PlayStation 4 chegará aos 100 milhões no próximo trimestre
Ver artigo

"Um SSD ultra veloz é a chave para a nossa próxima geração", escreve a Sony num comunicado feito através da PlayStation Magazine (via IGN). "A nossa visão passa por fazer dos loadings algo do passado, permitindo que os criadores construam experiências de gameplay novas e únicas". Para mostrar as potencialidades deste componente, a Sony exibiu já uma demonstração de como é que o SSD poderia impactar Marvel's Spider-Man, onde um carregamento que demora 15 segundos a completar na PS4, passou para 0,8 segundos na PS5.

Com esta marca, os programadores podem dar-se ao luxo de eliminar as telas de loading, uma vez que uma transição entre ambientes pode ser feita em menos de um segundo.

Como sublinha a IGN, o tempo de espera não era um problema no tempo dos cartuchos. É nos CDs, DVDs e Blu-ray que os loadings existem e que impactam negativamente as experiências de jogo, suprimindo uma fluidez que se deseja em momentos onde, por implicações técnicas, é impossível incluir. Recorde-se que o último God of War reteve a atenção da comunidade de jogadores por não ter qualquer loading.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.