A Sony continua a atualizar as informações relativamente às vendas da PlayStation 4 e sobre a consola só há duas coisas que podem ser ditas: soma e segue. Até ao dia 22 de novembro o sistema de jogo já tinha sido comercializado 30,2 milhões de vezes, um valor conseguido apenas dois anos após ter estreado no mercado.

É, como a empresa destaca em comunicado, a consola mais bem sucedida da empresa em tão curto espaço de tempo. Feitas as contas, em média a Sony vendeu 15 milhões de consolas por ano, um ritmo que coloca a PS4 acima de um milhão de unidades vendidas todos os meses.


E durante a esmagadora maioria do tempo a consola foi vendida sem reduções de preço, já que o primeiro corte ‘oficial’ só chegou em outubro deste ano. O anúncio dos 30 milhões de unidades comercializadas acontece ainda antes da época alta do ano que se avizinha - Black Friday, Cyber Monday e período de Natal.

A PS4 está inclusive mais forte do que a PlayStation 2 ao nível de vendas num período de tempo semelhante, sendo que a PS2 acabou por tornar-se na consola doméstica mais vendida de todos os tempos com 155 milhões de unidades comercializadas.

“Estamos comprometidos em trazer jogos e serviços de entretenimento mais cativantes aos nossos utilizadores em todo o mundo”, disse o diretor executivo da Sony Computer Entertainment, Andrew House, em nota de imprensa.

Neste sentido recorda-se que o próximo grande desafio da PlayStation acontece ainda durante a primeira metade de 2016, altura em que vai chegar ao mercado o dispositivo de realidade virtual PlayStation VR. Ainda falta saber qual o preço do equipamento e quais os requisitos que os utilizadores terão de cumprir - sobretudo ao nível de periféricos - para poderem experimentar o conceito.

Os interessados podem ler as primeiras impressões do TeK ao sistema de jogo PlayStation VR.