A Microsoft fez hoje o balanço do primeiro ano do Windows Vista no mercado e o impacto que o mais recente sistema operativo teve em Portugal. Com mais de cem milhões de unidades vendidas em todo o mundo, o software ajudou, nos seus primeiros 12 meses, a casa mãe a reportar "excelentes resultados financeiros" nos trimestres fiscais, anunciados a Outubro do ano passado e no passado dia 24 de Janeiro.



O impacto do sistema operativo no mercado de computadores pessoais domésticos e empresariais tem sido positivo em todo o mundo, incluindo em Portugal, onde se prevê que no final do corrente ano fiscal, que termina a 30 de Julho, já tenham sido vendidos para o mercado de consumo um milhão de computadores equipados com Windows Vista.



No que se refere ao segmento empresarial, os resultados também são considerados positivos. Neste campo a Microsoft Portugal conta já com "um número alargado de empresas que finalizaram o processo de migração para o Windows Vista, existindo muitas outras numa no processo de migração para o Vista", refere a companhia em comunicado.



Com a introdução do Service Pack 1 para o Vista, no primeiro trimestre, a Microsoft calcula que a implementação do sistema operativo venha a acelerar, chegando ao final de Junho com 40 por cento do parque informático empresarial a correr Windows Vista.



O balanço da Microsoft aborda também o suporte do hardware ao sistema operativo. De acordo com a empresa, na altura em que o Vista foi lançado, eram 1,4 milhões de dispositivos - incluindo periféricos - a suportarem de forma nativa a nova versão do Windows.



Agora o volume de equipamentos compatíveis passou a ser de 2,2 milhões de unidades. No que se refere a PCs e servidores, em Janeiro de 2007 eram 23 mil os produtos compatíveis com o Vista, enquanto hoje, o número subiu até aos 41 mil dispositivos.



Notícias Relacionadas:

2008-01-24 - Vista SP1 pode chegar dentro de três semanas

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.