O investigador vai assumir o cargo de chair of the Working Group on Health Informatics and e-­Health, um grupo de trabalho em Informática para a saúde, durante os próximos dois anos.

Para o também docente da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), a nomeação da IFMBE “é muito honrosa e reconhece essencialmente a investigação de excelência produzida na Universidade de Coimbra na área da informática clínica”, refere num comunicado enviado à imprensa.

[caption][/caption]

Apesar de assumir “um papel central no desenvolvimento de soluções tecnológicas para a saúde, a intervenção da informática na clínica está cheia de desafios, sendo necessário reforçar sinergias entre as duas áreas do conhecimento”, observa Paulo de Carvalho.

A IFMBE congrega todas as associações de Engenharia Médica e Biomédica a nível mundial, juntando mais de 40 mil académicos e profissionais nas áreas da saúde e da biologia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.