Durante os eventos CommunityOne e NetBeansDay, que decorreram em São Francisco no início desta semana, Rich Green, presidente da Sun, expressou a sua opinião quanto ao modelo actual em que os criadores de open source se apoiam. O responsável afirmou que enquanto os especialistas desenvolvem software gratuito, outras entidades obtêm lucros à custa destes mesmos produtos.



Rich Green, citado pela ComputerWorld afirma que esta realidade não é sustentável a longo prazo e que deveriam ser criados meios "para compensar as pessoas pelo trabalho que fazem".



O presidente da Sun chegou a caracterizar a situação como "uma história inversa à do Robin Hood, ou seja, são roubados os pobres para fazer os outros ricos".



O facto da Sun ser um dos maiores players no open source deixa Green preocupado, o que o leva a assegurar que vão ser iniciadas conversações com a comunidade para a partilha de receitas.



Notícias Relacionadas:

2007-05-04 - Portugal incluído na lista de países com acesso ao Network.com da Sun

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.