As vendas mundiais de PCs voltaram a aumentar no segundo trimestre do ano, pela quinta vez consecutiva, revelam números da IDC. Segundo a consultora o aumento da procura na Europa contribuiu decisivamente para o crescimento de 15 por cento registado no trimestre, face ao período homólogo. O número de PCs vendidos atingiu os 39,7 milhões de unidades, para o que também contribuiu um bom volume de vendas nos mercados canadiano e da América Latina, avança o comunicado publicado no site da IDC.



A consultora acredita que a moeda forte (Euro) e as agressivas promoções que vêm sendo praticadas no velho continente foram decisivas para o aumento da procura e dinamização do mercado de substituição. Na região EMEA - Europa, Médio Oriente e África o crescimento nas vendas atingiu os 20 por cento nos equipamentos desktop e os 25 por cento nos equipamentos portáteis.



Nos Estados Unidos os resultados foram também positivos com um crescimento de 11,4 por cento, face às vendas obtidas no mesmo período do ano anterior. Em unidades foram vendidos 14 milhões de PCs, neste caso com o mercado a empresarial a assumir lugar de destaque.



O ranking de vendedores mantém-se inalterado com a Dell em primeiro lugar, seguida pela HP, a IBM, a Fujitsu e a Acer, revela ainda o comunicado.



Notícias Relacionadas:

2004-06-25 - Portáteis continuam a registar maior crescimento no mercado de PCs em Portugal


2003-10-10 - Preço dos computadores portáteis na Europa desce 25 por cento num ano

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.