O presidente da iniciativa One Laptop per Child, Nicholas Negroponte, confirmou à ZDNet que o período de testes dos computadores de cem dólares irá começar em simultâneo nos vários países que pretendem avançar com a iniciativa, contrariando o que tem sido noticiado pelos órgãos de comunicação social internacionais que apontavam a Tailândia como o primeiro país a avançar com os testes, isoladamente.



De acordo com Nicholas Negroponte será utilizado um número limitado de máquinas para testes, que serão enviadas para a Nigéria em Setembro e para a Tailândia em Outubro. Apesar de só serem referidos estes dois países como exemplo, o responsável afirma que "os testes vão ter início em simultâneo" para todos os países, acrescentando que a produção em linha de montagem dos laptops está agendada para Novembro deste ano.



As notícias avançadas que davam conta da adesão de países como Brasil, Nigéria, Argentina e Tailândia, com a encomenda de um milhão de unidades cada uma, foram refutadas por um outro representante da OLPC que refere a existência de "contactos com os países”, mas sublinha que “não existe nenhum contrato de encomendas assinado pois estes pretendem esperar para ver o funcionamento dos equipamentos."



O projecto One Laptop per Child, que pretende levar as novas tecnologias a países menos desenvolvidos e com fracas capacidades económicas, também é conhecido por projecto dos PCs de 100 dólares, associado que ficou o baixo custo de produção das máquinas à iniciativa. No entanto, a promessa será difícil de cumprir nos primeiros anos de produção devido aos custos tecnológicos associados. Nicholas Negroponte refere que "em 2008 os laptops deverão ser comercializados a esse preço embora até lá o custo inicial se situe entre os 135 e os 140 dólares".



Recentemente Mayu Lou Jepsen, Chief Technology Officer da OLPC explicou que ao longo dos últimos meses têm sido feitos inúmeros progressos no que se refere ao desenvolvimento das máquinas. Um dos mais significativos foi ao nível do ecrã dos computadores. Neste campo foi aperfeiçoada a possibilidade de leitura em ambientes claros, com exposição directa aos raios solares. Também na área do consumo energético dos PCs a equipa conseguiu já chegar a um sétimo do consumo normal de um laptop. No preço os OLPC ficam um terço abaixo do preço de mercado.

Notícias Relacionadas:

2006-08-02- Programa "One Laptop per Child" conta com 4 milhões de encomendas

2006-07-26 - Nigéria fecha primeiro contrato para aquisição de um milhão de laptops de 100 dólares

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.