A Google vai realizar dois encontros de programadores para que possam desenvolver software destinado ao Project Glass, os óculos de realidade aumentada da empresa de Mountain View. Os developers vão ter acesso antecipado ao equipamento que reservaram durante a conferência Google I/O 2012.

A gigante dos motores de busca convidou os programadores que fizeram a reserva da Explorer Edition para duas hackathons de dois dias que vão ter lugar na cidade de São Francisco, a 28 e 29 de janeiro, e em Nova Iorque a 1 e 2 de fevereiro.

Todos os programadores vão ter direito a um dispositivo enquanto estiverem no evento e podem aceder à Mirror API que permite desenvolver aplicações para o equipamento.

Alguns programadores da Google vão estar nos locais a prestar apoio aos participantes para que as ideias possam ser desenvolvidas já com algum nível de maturidade. No final do segundo dia vão ser feitas demonstrações dos projetos desenvolvidos e um júri vai poder escolher os que mais se destacam.

O desenvolvimento de aplicações ou outras soluções de software para o Project Glass mostra que os "smart glasses" da Google estão a cumprir os tempos definidos pelos responsáveis da empresa e estão longe de serem um simples protótipo tecnológico.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.